Pular para o conteúdo principal

O anel do poder: 3 vezes Roy Thomas

Roy Thomas é um grande escritor e editor norte-americano “educado” na Marvel Comics. Galgou todos os cargos e chegou a editor-chefe, indo posteriormente para a DC Comics nos anos 1980 onde produziu essencialmente material da Terra 2. Atualmente edita a revista Alter Ego para a Twomorrows.

Um de seus temas mais recorrentes foi uma das lendas que Tolkien se apropriou para produzir O senhor dos anéis. Thomas se utilizou da trama sobre um anel poderoso (e maligno) no mínimo três eventos: The Invaders #1-2 (1975) numa trama chamada The Ring of the Nebulas, na série The Mighty Thor (#294-300) na adaptação do ciclo wagneriano Crepúsculo dos Deuses e posteriormente na adaptação específica de outra ópera de Wagner, The Ring of the Niebelung. Anos depois Thomas retornaria ao Ragnarok no especial de The Last Days of theJustice Society (1986), mas aqui não há citação alguma ao anel.
Todos são adaptações beeeeem livres do tema de Wagner e especialmente das lendas que deram base ao material de Tolkien para construir seu extenso livro, O senhor dos anéis.

Em The Mighty Thor, por exemplo, nota-se que o objetivo de Roy Thomas, auxiliado por Mark Gruenwald e Ralph Macchio, é a adaptação de ciclo de Wagner e não especificamente falar do anel dos nibelungos, ao qual retornaria com riqueza de detalhes anos depois.

Por sinal, por causa da maneira como as histórias eram narradas naquela época, estas adaptações cruzam com a conclusão da história dos Celestiais e mostram finalmente o julgamento que fazem da humanidade. Assim, sutilmente dá a entender que o crepúsculo dos deuses poderia ser um aviso para o crepúsculo da humanidade nas mãos dos gigantescos astronautas alienígenas.

O material d'Os Invasores foram publicados no Brasil pela Editora Abril – a trama em duas partes foi construída tendo em vista um formato Giant-Size mas saiu nas edições #1 e 2 da série mensal. O arco de Thor e a edição especial da Sociedade da Justiça são inéditos no Brasil, apesar de a Abril ter publicado muito da fase de Thomas e a graphic novel O anel dos Niberlungos já foi publicada por aqui.

São excelentes oportunidades de ver uma adaptação deste mito ancestral agora tão famoso e que deve ganhar ainda mais força com o lançamento de Ohobbit – Parte 1 (veja o review do livro aqui).







Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!