Pular para o conteúdo principal

Game of Thrones, Diferenças: A prostituta Ros

Ros (Esme Bianco) no Episódio "You win or you die"  
Na transposição para a TV se alguns personagens são eliminados e abreviados, outros surgem para auxiliar a estrutura de narrativa da trama e mostrar a evolução ou mudança dos personagens.


Um dos mais populares é a prostituta Ros interpretada pela atriz Esme Bianco.


Sua primeira aparição na trama é no episódio piloto (The winter is coming) em Winterfell, deitando-se com Tyrion Lannister. Estabelece-se aqui a fama de Tyrion em relação a mulheres e diplomacia, já que ele deixa um encontro com a família Stark para ir ao bordel.



Retornaria no quinto episódio (The wolf and the lion) numa sequência com Theon Greyjoy, onde questionaria a situação do prisioneiro das Ilhas de Ferro em Winterfell.




No episódio seguinte (A golden crown), prevendo a guerra que viria após o ataque de Jaime Lannister à Ned Stark, a prostituta segue para Porto Real, para desgosto de Theon.




No sétimo episódio (You win or you die), ela já está no Bordel de Petyr Baelish, o Mindinho, sendo treinada nas artes eróticas. A sequência mostra que Baelish não consome o produto que fornece em seus bordéis e estaria se reservando para uma pessoa amada. Deixa claro, então que tem sentimentos em relação à Catelyn Stark, que o levarão a tomar algumas decisões em breve!





Com o início da guerra, nossa personagem só retornaria em uma sequência no último episódio da primeira temporada (Fire and Blood), deitando-se com o Meistre Pycelle. A sequência estabelece que o idoso meistre finge demência mesmo nos momentos íntimos.



Excetuando a primeira sequência e entendendo que Tyrion se deitou com várias mulheres em Winterfell, todas personagens anônimas, as sequências são criações exclusivas para a série de TV.


Logo listarei as sequências dela na segunda temporada.

Postagens mais visitadas deste blog

EaD: Como estudar sozinho em casa

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas por que há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas por que ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.

Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.

Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.

A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.

Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.

Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.

Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.

Após enterrar uma bomba de hidrogên…

O único animal, Luís Fernando Veríssimo

O homem é o único animal...
...que ri
...que chora
...que chora de rir
...que passa por outro e finge que não vê
...que fala mais do que papagaio
...que está sempre no cio
...que passa trote
...que passa calote
...que mata a distância
...que manda matar
...que esfola os outros e vende o pêlo
...que alimenta as crias, mas depois cobra com chantagem sentimental
...que faz o que gosta escondido e o que não gosta em público
...que leva meses aprendendo a andar
...que toma aula de canto
...que desafina
...que paga pra voar
...que pensa que é anfíbio e morre afogado
...que pensa que é bípede e tem problema de coluna
...que não tem rabo colorido, mas manda fazer
...que só muda de cor com produtos químicos ou de vergonha
...que tem que comprar antenas
...que bebe, fuma, usa óculos, fica careca, põe o dedo no nariz e gosta de ópera
...que faz boneco inflável de fêmea
...que não suporta o próprio cheiro
...que se veste
...que veste os outros
...que despe os outros
...que só lambe os outros
...que tem cotas de emigração
...qu…