Pular para o conteúdo principal

A “nova” origem secreta da Sociedade da Justiça da América

O mundo está em guerra e Frank Delano Roosevelt ganhou a campanha prometendo não levar os americanos para os campos de batalha. Mas e se os alemães atacarem?

Com este pano de fundo histórico – uma fictícia primeira investida dos EUA contra o Eixo – em Secret Origins #31 (outubro de 1988, data de capa) Roy Thomas, Michael Bair e Bob Downs unem-se para recontar a origem secreta da SJA que já havia sido narrada em 1.979 por Paul Levitz & Joe Staton (veja aqui).

Na trama, FDR aceita envia os “homens misteriosos” que haviam surgido há pouco nos EUA para auxiliarem as forças inglesas de modo a impedir uma invasão dos alemães. Roosevelt, tencionava assim, não se envolver diretamente na questão e ao mesmo tempo não permanecer completamente neutro. Oficialmente os EUA só entrariam na guerra após o ataque japonês à Pearl Habor, que nos quadrinhos pode ser visto em All-Star Squadron – World on fire! (veja aqui).

No primeiro momento Flash e Lanterna Verde vão à Glascow onde há uma base nazista e enfrentam um robô, sendo derrotados. No segundo, ao ver a derrota da dupla, Sr. Destino convoca Homem-Hora e vão à Alemanha, onde Hitler, em pessoa, usa a Lança do Destino (veja aqui) para invocar as Valquírias e decide iniciar a invasão imediatamente!

Percebendo a vantagem dos alemães, Sr. Destino usa a magia para capturar Sandman, Gavião Negro e Átomo. As energias em ação atraem para o palco o Espectro, que permitirá o equilíbrio da balança.

Mais do quê apenas recontar e atualizar a origem da SJA, Thomas amplia um pouco o texto original e faz uma história que realmente dá prazer em ler, mesmo conhecendo a versão original de Levitz & Staton.

Boa pedida.


Postagens mais visitadas deste blog

EaD: Como estudar sozinho em casa

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas por que há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas por que ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.

Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.

Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.

A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.

Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.

Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.

Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.

Após enterrar uma bomba de hidrogên…

O único animal, Luís Fernando Veríssimo

O homem é o único animal...
...que ri
...que chora
...que chora de rir
...que passa por outro e finge que não vê
...que fala mais do que papagaio
...que está sempre no cio
...que passa trote
...que passa calote
...que mata a distância
...que manda matar
...que esfola os outros e vende o pêlo
...que alimenta as crias, mas depois cobra com chantagem sentimental
...que faz o que gosta escondido e o que não gosta em público
...que leva meses aprendendo a andar
...que toma aula de canto
...que desafina
...que paga pra voar
...que pensa que é anfíbio e morre afogado
...que pensa que é bípede e tem problema de coluna
...que não tem rabo colorido, mas manda fazer
...que só muda de cor com produtos químicos ou de vergonha
...que tem que comprar antenas
...que bebe, fuma, usa óculos, fica careca, põe o dedo no nariz e gosta de ópera
...que faz boneco inflável de fêmea
...que não suporta o próprio cheiro
...que se veste
...que veste os outros
...que despe os outros
...que só lambe os outros
...que tem cotas de emigração
...qu…