Pular para o conteúdo principal

Doctor Who [Arco 143a]: The Mysterious Planet


O Doctor (Colin Baker) é convocado à Gallifrey onde é julgado, com acusações não muito claras.

[Localização no Continuum]
The Mysterious Planet é o 143ª arco da série de TV britânica Doctor Who, exibida pela BBC. É o primeiro arco da 23ª temporada e também o primeiro arco do ciclo nominado THE TRIAL OF A TIME LORD, que se prolongaria durante toda a temporada. Em algumas classificações THE MYSTERIOUS PLANET é numerado como “143a”, considerando que o arco 143 é toda a trama de THE TRIAL OF A TIME LORD, e sua primeira porção é THE MYSTERIOUS PLANET.

The Mysterious Planet tem quatro episódios de 25 minutos em média e foi exibido de 6 a 27/setembro/1986.

[Trama]
O Doctor aterrisa em Gallifrey e descobre-se em julgamento onde contracenará com The Inquisitor (Lynda Bellingham) que será a juíza e The Valeyard (Michael Jayston) que será o promotor de acusação.

Valeyard não deixa claro a acusação, mas certamente é sobre a interferência do Doctor em assuntos de outras espécies. Sua primeira evidência é um vídeo resgatado da Matrix de Gallifrey (estamos em 1986, lembre-se, de qualquer modo Neuromancer já havia sido lançado) onde temos o envolvimento do Doctor e de Peri Brown (Nicola Bryant) em assuntos do planeta Ravolox.

Lá civilizações que emergiram após um cataclismo natural que calcinou a superfície se dividiram em subterrânea (científica e orientada sob um misterioso ser que não veem, mas sabemos ser um robô chamado Drathro que mantém jovens inteligentes sob seu comando) e na superfície (uma civilização caçadora/coletora com poucas mulheres que tem de serem compartilhadas entre os homens e orientada pela Rainha Katryca). Indícios levam a crer que apesar de estar na órbita errada Ravolox é a Terra! Quem ou o quê teria tirado a Terra de sua órbita?

Parte da trama envolve os caçadores Sabalom Glitz (Tony Selby) e Dibber (Glen Murphy) que usam o planeta como local de caça.

[Opiniões]


É mais um daqueles quase infinitos arcos em que a trama poderia render mais. Em um planeta misterioso o Doctor se separa de Peri – que é capturada. Cada um conhece uma civilização distinta e descobrem um risco em comum (a antena que alimenta o robô, que o caçador Sabalom quer destruir). Resolvida a trama resta alguns mistérios para a temporada e a macrotrama do julgamento.

A postura do Doctor no julgamento, sozinho, indicando que algo aconteceu a Peri, é a mesma de irreverência e deboche. Não convence! Em um julgamento sério o acusado teria uma postura mais inquisidora.

[Curiosidades – fonte Wikipedia.org ]
Em fevereiro de 1985 a BBC anunciou que a 23ª temporada de Doctor Who haveria sido cancelada! Após os protestos corrigiu a informação para um “hiato” na série e que Doctor Who retornaria em setembro de 1986. Muitas tramas foram encomendas e abandonadas em favor de uma macrotrama sobre o julgamento do personagem, refletindo o fato de que o programa estava em julgamento pela BBC.

Esta é a última história completa escrita por Robert Holmes e seu roteiro é muito similar à primeira contribuição do autor, o arco The Krotons. Ambos arcos tratam de uma máquina alienígena subjugando uma civilização humanoide e forçando jovens a trabalharem para si.

Mulheres compartilhadas entre homens em uma sociedade competitiva e com traços de caçadores/coletores é também a trama do primeiro romance de George R R Martin, A morte da luz.

O arco foi adaptado para o formato de novela em DOCTOR WHO The Mysterious Planet (The Trial of a Time Lord) por Terrance Dicks e lançado pela Target Books na edição 127 de sua série em 19 de novembro de 1987.

-1
(Arco 142)
0
(Arco 143a)
+1
(Arco 143b)
Revelation fo the Daleks
The Trial of a Time Lord: The Mysterious Planet
The Trial of a Time Lord: Mindwarp

Postagens mais visitadas deste blog

EaD: Como estudar sozinho em casa

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas por que há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas por que ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.

Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.

Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.

A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.

Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.

Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.

Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.

Após enterrar uma bomba de hidrogên…

O único animal, Luís Fernando Veríssimo

O homem é o único animal...
...que ri
...que chora
...que chora de rir
...que passa por outro e finge que não vê
...que fala mais do que papagaio
...que está sempre no cio
...que passa trote
...que passa calote
...que mata a distância
...que manda matar
...que esfola os outros e vende o pêlo
...que alimenta as crias, mas depois cobra com chantagem sentimental
...que faz o que gosta escondido e o que não gosta em público
...que leva meses aprendendo a andar
...que toma aula de canto
...que desafina
...que paga pra voar
...que pensa que é anfíbio e morre afogado
...que pensa que é bípede e tem problema de coluna
...que não tem rabo colorido, mas manda fazer
...que só muda de cor com produtos químicos ou de vergonha
...que tem que comprar antenas
...que bebe, fuma, usa óculos, fica careca, põe o dedo no nariz e gosta de ópera
...que faz boneco inflável de fêmea
...que não suporta o próprio cheiro
...que se veste
...que veste os outros
...que despe os outros
...que só lambe os outros
...que tem cotas de emigração
...qu…