Open top menu
quinta-feira, 9 de outubro de 2014


Depois da Bloch, da Abril Jovem, da Pandora, da Ediouro, da On Line Editora e da Planeta DeAgostini é a vez da Panini Comics publicar quadrinhos Star Wars no Brasil. Fica a ressalva de que a DeAgostini está iniciando sua publicação e por problemas de distribuição é capaz de alguns leitores entenderem a ordem de maneira diferente, mas será nesta série de encadernados a estreia de várias histórias editadas nos EUA no início dos anos 1.980 pela Marvel Comics.

Ao traduzir a última série Star Wars da Dark Horse, iniciada em 2.013 a Panini apenas evidencia o cansaço da série em quadrinhos com os personagens de George Lucas. A Dark Horse ousou em diversos momentos, publicou quadrinhos em diversos períodos seja 4 milênios antes ou 150 anos depois; publicou quadrinhos centrados no Rogue Squadron e histórias de mercenários, das Guerras Clônicas e apresentou várias novas visões como Star Wars: Invasion e Star Wars: Legacy. No fim ficou redundante e voltou para o básico, ou seja, o mesmo tema que foi tratado em Star Wars #11 da Marvel Comics lá em 1.978, a busca de uma nova base para a Rebelião depois da descoberta de Yavin-4.

Vale relembrar que o período da rebelião já foi tema de ao menos três séries anteriores – Star Wars da Marvel, Star Wars da Dark Horse e Star Wars: Rebellion da Dark Horse. Retornar a este tema para “oferecer uma nova visão” é como tirar água de pedra. Rende um TOP 10 da distribuidora Diamond, mas inevitavelmente a série cairá – atualmente está em torno da 80ª posição, mas vendas não tem relação com qualidade, lembre-se. Por sinal esta série também já se encerrou após 20 edições e o título terá um reboot na próxima editora.

Brian Wood & Carlos D'Anda oferecem uma boa história, melhor ainda para neófitos e leitores/expectadores que conhecem a série Star Wars pelos produtos mais recentes como Clone Wars, a série animada. É bom? É! Mas para quem já leu alguma coisa que se passa no mesmo período fica cansativo e incômodo o fato de a série não progredir.

Mas eu descobri algo: os consumidores é que não gostam deste progresso! Querem ler histórias com os mesmos personagens e situações. É por isso que Peter Parker ainda é um coitado sem dinheiro e cheio de responsabilidades. É por isso que a série Star Wars daqui a 20 anos ainda narrará histórias que se passarão ainda no período dos episódios IV, V e VI.

Star Wars #1 e 2 (janeiro e fevereiro/2013) se passa meses depois da Batalha de Yavin (Star Wars Episódio IV: Uma nova esperança). A Rebelião necessita de uma nova base permanente, mas o Império parece ter uma especial que fornece informações de dentro do movimento. Darth Vader é responsabilizado pelo Imperador pela perda da Estrela da Morte e Han Solo é enviado por Mon Mothma em uma missão à Coruscant, sede do império!

A edição se completa com Star Wars – Dark Times: Out of the wilderness #01 (agosto/2011) de Randy Stradley e Douglas Wheatley. A série se passa meses depois do fim de Star Wars Episódio III e trata da sobrevivência de jedis após a Ordem 66, da ascensão do Império, da busca de Darth Vader pelos últimos jedis e da busca de um homem comum por sua família. A série iniciou em Star Wars Dark Times que foi publicada no Brasil pela On Line Editora. Certamente será a série que sofrerá mais com as mudanças de Star Wars Rebels pois faz uma narrativa paralela a estes acontecimentos que podem ser anulados pela próxima revisão de cânone.
Tagged
Different Themes
Written by Lovely

Aenean quis feugiat elit. Quisque ultricies sollicitudin ante ut venenatis. Nulla dapibus placerat faucibus. Aenean quis leo non neque ultrices scelerisque. Nullam nec vulputate velit. Etiam fermentum turpis at magna tristique interdum.

0 comentários