Pular para o conteúdo principal

Legion of Super-Heroes volume 3 (1,984): Everywhere a villain

Escrito por Paul Levitz e Keith Giffen, com lápis de Giffen que a partir da terceira edição fica responsável apenas pelos esboços, deixando o cargo de desenhista para Steve Lightle e com finais de Larry Mahlstedt a nova série começa com uma reestruturação da Legião dos Super-Heróis e dando espaço para um pouco de xenofobia – hoje tão comum na atual série.

Em 2984 A.D. os humanos temem sutilmente os durlanianos (a Camaleoa é casada com o Colossal e sofre as consequências, especialmente por que o casal se apaixonou quando ela o estava espionando), os daxamitas não aceitam bem pessoas de outras culturas (Geoff Johns aproveitou-se disso para construir a história de um dos personagens da Tropa dos Lanternas Verdes na atual cronologia) e o povo de Imsk tem fortes tendências separatistas. Para piorar alguns membros da sociedade daxamita adoram a Darkseid e a possibilidade de acesso a poder que ele permitiu.

Mas a trama principal do primeiro arco (#1, ago-1984 a #5) é o retorno da Legião dos Super-Vilões comandada por Nemesis Kid e Lightning Lord. Eles roubam esferas de fusão e parte da tela de polímero (que cobre a Terra) para sequestrar completamente o planeta Orando – de onde Projecta é a rainha e Karate Kid, seu consorte.

Para conseguir salvar Orando, após uma luta violenta com Nemesis Kid, Karate Kid sacrifica-se para destruir o aparato dos vilões – e continua morto até hoje! - e assim Projecta rompe com os ideais da equipe e após um novo round contra Nemesis derrota-o e quebra seu pescoço. Como isso acontece nas páginas iniciais, segue-se uma batalha entre Ayla e Mekt que ainda receberia um prólogo na edição seguinte (#6).

Na conclusão da trama da Legião dos Super-Vilões, Projecta decide abandonar a Legião e os costumes alheios a seu povo e fica em Orando, deixando os antigos colegas irem.

Com várias sequências de ação bem dosadas com as dezenas de sub-plots destaca os seguintes:
* graças a um ataque de Lightning Lord, sua irmã, Ayla volta a ter poderes elétricos;
* Saturn Girl entra em trabalho de parto ao final da edição #2 e a trama é estendida em Legion of Super-Heroes Annual #02 – a trama deste anual foi publicada no Brasil pela Panini no encadernado A saga das trevas eternas.
* A mãe de Colossal desiste da presidência da Terra e volta a ser professora. Surge um temor de que a nova previdência não seja simpática à equipe.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!