Pular para o conteúdo principal

Resumo para a Era Twitter: Outros uniformes para a Poderosa

Poderosa (Power Girl, no original) surgiu na All-Star Comics (veja aqui) e teve uma série de aventuras em Showcase (#97 a #99 de fev a abril de 1.978). Este arco em Showcase foi publicado por aqui pela EBAL.

Na primeira metade dos anos 1.980 esteve em Infinity, Inc. (Corporação Infinito), além de anualmente bater o cartão nos encontros de Liga da Justiça & Sociedade da Justiça, onde se iniciou um interesse romântico entre ela e Nuclear.

Após Crise nas Infinitas Terras (1.985/86), ganhou uma série para explicar sua origem no novo Universo DC – publicada aqui pela Ed. Abril.

A partir do evento Invasão (1.989), tornou membro da Liga da Justiça Europa. Trabalhou com Mulher-Maravilha, Lanterna Verde Hal Jordan, Flash (Wally West), Dra. Luz, Raposa Escarleta, Metamorfo e Homem-Elástico, entre outros. Várias histórias desta fase podem serem vistas em Liga da Justiça e SuperPowers da Ed. Abril.

Em 1.994 durante o evento Zero Hora recebeu muita atenção graças à uma gravidez de origem misteriosa. A solução da trama não foi devidamente publicada no Brasil e vou procurar para ver no quê deu.

No final do milênio colaborou com a equipe de Barbara Gordon e Dinnah Lance, as Aves de Rapina (Birds of Prey). Um dos arcos pode ser visto em Batman Premium da Ed. Abril.

Quando a Canário Negro deixou a Sociedade da Justiça da América, Kara foi escolhida para substituí-la. Neste momento já havia retornado ao uniforme e poderes básicos: ela é uma versão feminina do Superman, suas histórias tem grande dose de humor e sensualidade – o decote, lembra? - e seu uniforme básico é um maiô branco com capa vermelha sem emblema do clã EL.

Durante a Crise Infinita, a DC Comics lançou uma série chamada JSA Classified com histórias solo dos membros da Sociedade. O primeiro arco esclareceu a origem da moça de uma vez por todas.

Mais recentemente no arco Sociedade da Justiça da América – O reino do amanhã ela viajou até a Terra-2.

Atualmente tem uma série própria nos EUA por Justin Gray & Jimmy Palmiotti com arte de Amanda Conner.



Atualização: a grávida e o crescimento do bebê podem ser vistos em
Zero Hour: Crisis In Time! #0 (Setembro 1994)
Justice League America #105-108 (Novembro 1995 - Fevereiro 1996)

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!