Pular para o conteúdo principal

A origem – Esmero técnico e filme longo

O novo filme de Christopher Nolan (Amnésia, Batman Begins e Batman O cavaleiro das trevas) lembra em muito os filmes da franquia Batman: tomadas de ação com carros, explosões e destruição de prédios e a trilha sonora são bastante semelhantes. O elenco escalado também auxilia. Pelo menos três atores do novo filme de Nolan também estiveram na atual cine-série do homem morcego.

Mas a partir daí as coisas mudam, mas percebe-se um padrão em tudo.

Cobb (Leonardo DiCaprio) responsável por uma equipe que busca informações no inconsciente das pessoas durante os sonhos, após um serviço fracassado é contratado para inserir uma idéia no subconsciente de um herdeiro de uma empresa, daí o título origem do filme “The inception” (a inserção, numa tradução livre).

Cabe a Cobb treinar um novo arquiteto de sonhos e conseguir vencer a presença constante de sua esposa Mal nos sonhos. A trama sustenta bem o mistério do relacionamento Cobb e Mal e chega a surpreender com os desenlaces.

De modo a que a idéia a ser inserida não fique estranha, Cobb e sua equipe devem fazer isto em três níveis de sonho e apenas sugerir a situação, de modo que a pessoa possa tomar a decisão.

* * *

O esmero técnico fica por conta de várias seqüências no sonhar como a que a cidade se dobra sobre si, quando a arquiteta começa a alterar as leis da física dos sonhos ou quando um dos agentes está caindo e sonhando que está em um edifício. Dentro do prédio a gravidade perde sua função e há uma longa seqüência feita com perfeição sem a presença da gravidade.

Fora isto é um filme longo, pretensioso e que agora corre o risco de não ser indicado para roteiro original, já que surgiu e tornou-se forte a origem da idéia de Nolan: uma hq Disney!

Não li a história – disponível em inglês aqui – e certamente nunca ficará provado se Nolan a leu ou não (ele diz que não e que tinha o roteiro escrito há anos). Isto me lembra Watchmen – por sinal você já enviou sua redação do Concurso Cultural? Veja aqui – e seu final: Alan Moore usou o conceito de um episódio da série The Outer Limits, mas não se esqueceu de apontar na trama a origem da idéia. Na sequência final do livro, no asilo a primeira Espectro de Seda está assistindo a uma reprise do episódio. Se você só conhece Watchmen – o filme, saiba que nos quadrinhos o final é diferente.

* * *

Se você tem interesse de conhecer outras maneiras de retratar os sonhos no cinema procure os filmes de David Lynch em especial a primeira temporada de uma série de TV que ele fez no final dos anos 1.980: Twin Peaks.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!