Pular para o conteúdo principal

Hawkman Special (1986)

Após a minissérie The Shadow War of Hawkman (veja aqui), o Gavião Negro e a Mulher Gavião já estavam re-estabelecidos na cronologia da DC Comics.

Enquanto a equipe preparava a fornada para a série mensal que estrearia em agosto de 1.986 (data de capa) temos esta eficiente edição especial onde o Fantasma Fidalgo – inimigo clássico do Gavião – o “auxilia” a resolver problemas espirituais.

Explico: ao final de The Shadow War of Hawkman, o Gavião decide explodir sua nave, matando alguns thanagarianos no processo – ele comenta que é a primeira vez que tira uma vida humana. Junto com isto também há o peso de ter votado a expulsão de Barry Allen/Flash da Liga da Justiça em função de Barry ter matado o Professor Zoom, e posteriormente houve o desaparecimento do amigo.

A função da edição é reapresentar o Fantasma Fidalgo, mostrar as personalidades de Katar (um cientista) e Shayera (com família ligada à religião) e como eles tratam os sonhos que perturbam o herói. Dá ainda algum espaço aos coadjuvantes da série e mostra a agente Carol Shilak, uma thanagariana infiltrada para observá-los no Museu de Midway City.

Influenciado pelo filme de Tob Hooper (Poltergeist, o fenômeno) e talvez por uma edição de Swamp Thing de Alan Moore dá espaço para estas criaturas quando o Hawkman vai na dimensão dos recém mortos.

Escrito por Tony Isabella, com lápis de Richard Howell e finais de Ron Randall (na minissérie os finais foram de Alfredo Alcala) a edição funciona e a história é legal, mostrando traços das personalidades dos Campeões Alados sem ser piegas.

A DC bem que poderia lançar um encadernado com a minissérie e este especial.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!