Pular para o conteúdo principal

The Shadow War of Hawkman (1985)

Engana-se quem pensa que a DC Comics esperou a conclusão de sua Crise nas Infinitas Terras (veja aqui) para reiniciar todos os personagens. Mesmo enquanto publicava a crise que reformularia seu multiverso a DC fez várias investidas em reformulações como Demon, Deadman, Aquaman e Hawkman.

Este série de quatro número escrita por Tony Isabella, com lápis de Richard Howell e finais de Alfredo Alcala é bastante simpática, exemplo claro de uma narrativa simples e eficiente, que convence mesmo que em um ou outro momento, nós, já acostumados com as narrativas dos anos 1.990/2.000 achemos simplória.

Em eventos anteriores à série, em outras séries da DC Comics, Thanagar, planeta natal do Gavião Negro (Katar Hol) e Mulher Gavião (Shayera Thal), foi alvo de uma máquina de uniformizou o planeta física e mentalmente, fazendo com que grande parte do conhecimento daquela civilização se perdesse.

Aqui, os Campeões Alados, agem na cidade de Midway City, trabalhando no Museu local. Receberam o apoio do Comissário Emmett, agora aposentado, e a simpatia do Capitão Frazier Stewart – substituto à Emmett, eleito comissário também. Ou seja, o status quo alterou muito pouco e Tony Isabella, autor negro e politizado, fez Stewart negro, simpático e inteligente.

A trama da série é a seguinte: Fell Andar, agente thanagariano, vem à Terra com uma equipe para roubar informações sobre a tecnologia thanagariana que estaria com o Gavião Negro, sua esposa ou na nava do casal.

Você deve estar se perguntando se não seria mais fácil pedir, já que os Gaviões sempre foram agentes de Thanagar e agiam na Terra como pesquisadores de costumes, algo bem próximo de agentes infiltrados, mesmo que eles não quisessem admitir.

O quê está acontecendo que Thanagar iniciou uma guerra de expansão e deseja incluir a Terra em suas áreas territoriais – estabelecia assim a razão dos thanagarianos apoiarem a Invasão! anos depois (veja aqui).

Há algumas passagens bobas como os thanagarianos contratarem um ladrão humano para roubar a casa dos Gaviões, uma passagem onde Andar mata um mutante com asas chamado Ícaro (sem grande utilidade para a trama além de mostrar que Andar é mau e odeia pessoas com asas), mas há grandes sacadas como a arma absorbascon que é usada para ler a mente de virtualmente todas as pessoas da Terra, inclusive alguns corruptos para que seja possível financiar a invasão.

Há ainda um brevíssimo confronto com o Aquaman e o Homem Elástico – então na Liga sediada em Detroit. Os Gaviões querem apagar a informação nos computadores da Liga, antes que Andar a roube, mas partem para o confronto. Na sequência descobrem que sua nave foi tomada, vão lá para tentar reavê-la mas acabam detonando-a.

Ao final da quarta edição aquele núcleo de thanagarianos é derrotado, Fell Andar fica preso num estado petrificado e descobre-se que foi apenas uma batalha e que a guerra ainda está prestes à começar e que o seu mundo natal irá invadir a Terra!

Excelente história e que funciona. Inédita no Brasil.

Continuou em Hawkman Special # 1 e depois na série Hawkman de 1.986, que durou 17 edições. Esta série é a última antes da reformulação de Timothy Truman em Hawkworld, que como todos sabem deveria se passar no passado e a DC Comics errou e decidiu fazer com que acontecesse no presente.

Postagens mais visitadas deste blog

EaD: Como estudar sozinho em casa

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas por que há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas por que ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.

Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.

Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.

A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.

Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.

Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.

Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.

Após enterrar uma bomba de hidrogên…

O único animal, Luís Fernando Veríssimo

O homem é o único animal...
...que ri
...que chora
...que chora de rir
...que passa por outro e finge que não vê
...que fala mais do que papagaio
...que está sempre no cio
...que passa trote
...que passa calote
...que mata a distância
...que manda matar
...que esfola os outros e vende o pêlo
...que alimenta as crias, mas depois cobra com chantagem sentimental
...que faz o que gosta escondido e o que não gosta em público
...que leva meses aprendendo a andar
...que toma aula de canto
...que desafina
...que paga pra voar
...que pensa que é anfíbio e morre afogado
...que pensa que é bípede e tem problema de coluna
...que não tem rabo colorido, mas manda fazer
...que só muda de cor com produtos químicos ou de vergonha
...que tem que comprar antenas
...que bebe, fuma, usa óculos, fica careca, põe o dedo no nariz e gosta de ópera
...que faz boneco inflável de fêmea
...que não suporta o próprio cheiro
...que se veste
...que veste os outros
...que despe os outros
...que só lambe os outros
...que tem cotas de emigração
...qu…