Pular para o conteúdo principal

Game of Thrones [3x1] - Valar Dohaeris


E então no último domingo, 31 de março de 2013, foi ao ar o primeiro episódio da terceira temporada da série de TV Game of Thrones, exibida em estreia mundial pelo canal por assinatura HBO.

Game of Thrones é uma adaptação da série de livros de fantasias do escritor americano George R R Martin. A série chama-se As crônicas de gelo e fogo e está planejada para ter sete volumes. Cinco volumes já foram publicados entre 1.996 e 2.011. A partir de 2.010, com o anúncio da série de TV, a Editora Leya lançou no Brasil os cinco volumes da série e meses depois a adaptação para quadrinhos.

Diferente das duas primeiras temporadas que adaptaram cada uma um livro da série, esta temporada dividirá o terceiro volume “A tormenta de espadas” em duas temporadas. Este livro é o maior da série e em reedições norte-americanas tem sido dividido para facilitar a leitura.

[A HBO]
A HBO tem utilizada uma estratégia de estreia mundial para evitar a pirataria e nessa temporada parece ter melhorado a tradução. Mas a simples observação mostra que várias vezes o substantivo “KING” não é traduzido. Ou seja, ainda há o que melhorar. Isto sem contar que o pequeno resumo da temporada anterior não teve legendas em português.

[A história do episódio]
O episódio adapta bem a trama do livro e há cenas bem semelhantes ao material original, como o encontro entre Tywin Lannister e seu filho Tyrion, ainda que no livro ele tenha ficado mais deformado e bem mais tempo sendo drogado. Isto não atrapalha a história. Enquanto Tyrion se recuperava, Tywin (agora a Mão do Rei), Cersei e Joffrey consolidam-se no poder e recebem as glórias pela derrota de Stannis Baratheon. Tyrion deseja Rochedo Castelly como pagamento por sua vitória, já que o primogênito e irmão mais velho não pode ter bens. Tywin nega agressivamente.

Davos Seaworth sobreviveu à Batalha de Blackwater e deseja vingança contra a bruxa que estaria influenciando seu rei, Stannis. O máximo que consegue é ser preso no calabouço. Este é outro exemplo de trama que demora a acontecer no livro e aqui é resolvida de maneira rápida e eficiente.

Daenerys chega a Astapor e inicia a compra de um exército de escravos para atacar Westeros, depois de atravessar a barco a água salgada com seu diminuto khalasar. A sequência é fiel ao livro, porém breve. Ao final do episódio, uma diferença: ela é salva de uma ameaça mortal por Barristan Selmy, ex-chefe da Guarda do Rei que se apresenta e pede perdão de imediato. No livro, ele mantém oculta sua identidade por vários meses.

Jon Snow continua seu plano para trair Mance Rayden, o rei-para-lá-da-Muralha, e inicia uma ação de infiltração que levará toda a temporada para ser desenvolvida. Já o Lorde Comandante decide retornar à Muralha com os poucos sobreviventes de um primeiro combate contra os seres místicos – combate não exibido, já que como no livro não havia personagem narrador no local.

Margaery inicia seu metódico plano para se estabelecer como rainha dos pobres e ganhar a simpatia da população de Porto Real. Já Lorde Petyr Baelish, o Mindinho passa a ocupar o lugar de um personagem secundário da trama. No livro, Sansa Stark encoraja um cavaleiro abobalhado a salvá-la e resgatá-la de Porto Real, algo que leva todo o terceiro volume. Quando finalmente acontece, ela descobre que por trás dele estava Mindinho. A série de TV, que já havia apresentado o infeliz abobalhado na temporada anterior decide, no entanto, reorganizar a trama, reposicionando Mindinho e eliminado o cavaleiro secundário.

Note que o episódio fugiu do padrão do episódio de abertura da temporada anterior, criticado por ter sequências breves demais com vários personagens. Aqui se cortou cenas com Arya, Brann e Jamie Lannister & Brienne, no mínimo, mas algumas tramas que ganharam mais minutos ficaram bem resolvidos, em especial as tramas de Davos Seaworth e Tyrion Lannister. Danny parece madura, mas ainda persiste na ideia de conquistar Westeros com um exército de escravos, algo que será aconselhada lentamente a desistir. Certamente a temporada irá posicioná-la como uma conquistadora de reinos e pronta para invadir sua terra natal.

Ao contrário da falação interminável da segunda temporada, o episódio consegue um equilíbrio entre cenas de apresentação, reposicionamento, tensão e alguns poucos momentos de ação.

Agora é esperar o domingo, 07/04.























 












Postagens mais visitadas deste blog

EaD: Como estudar sozinho em casa

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas por que há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas por que ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.

Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.

Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.

A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.

Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.

Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.

Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.

Após enterrar uma bomba de hidrogên…

O único animal, Luís Fernando Veríssimo

O homem é o único animal...
...que ri
...que chora
...que chora de rir
...que passa por outro e finge que não vê
...que fala mais do que papagaio
...que está sempre no cio
...que passa trote
...que passa calote
...que mata a distância
...que manda matar
...que esfola os outros e vende o pêlo
...que alimenta as crias, mas depois cobra com chantagem sentimental
...que faz o que gosta escondido e o que não gosta em público
...que leva meses aprendendo a andar
...que toma aula de canto
...que desafina
...que paga pra voar
...que pensa que é anfíbio e morre afogado
...que pensa que é bípede e tem problema de coluna
...que não tem rabo colorido, mas manda fazer
...que só muda de cor com produtos químicos ou de vergonha
...que tem que comprar antenas
...que bebe, fuma, usa óculos, fica careca, põe o dedo no nariz e gosta de ópera
...que faz boneco inflável de fêmea
...que não suporta o próprio cheiro
...que se veste
...que veste os outros
...que despe os outros
...que só lambe os outros
...que tem cotas de emigração
...qu…