Pular para o conteúdo principal

Justice League, The Satellite Years 1973

Em 1973, certamente em função dos maus tratos nas mãos de Mike Friedrich, a série mensal Justice League of America torna-se bimestral indo para as bancas em fevereiro, maio, julho, setembro e novembro. O contrassenso era que a qualidade de texto de Len Wein havia aumentado a qualidade geral da série e os leitores tinham que receber o entretenimento em doses homeopáticas.

O ano começa com “The Shaggy Man will get you if you don't watch out!” (#104), onde Hector Hammond liberta e envia o Shaggy Man para o satélite da LJA, obrigando os heróis que estavam em dia de manutenção a enfrentar o monstro de plástico vivo (?!). Shaggy consegue derrubar o satélite mas a interferência do Lanterna Verde salva o dia.

Em maio e julho as edições #105-106 trazem “Specter in the shadows!” e “Wolf in the fold!”, respectivamente. Não há nenhuma novidade real na trama que começa com a eleição do Homem Elástico (Ralph Dibny, o Elongated Man, backup da série Flash) para membro da equipe. Sua esposa Sue Dibny, torna-se uma espécie de membro extra honorária.

Os heróis enfrentam ameaças provocados por servos da Abelha Rainha, e quando estão próximos da derrota são salvos por um sujeito misterioso que se revela ao fim da história o Tornado Vermelho – desaparecido em combate na edição #102.

Apesar da resistência do Arqueiro Verde, a equipe o aceita, mas secretamente passa a vigiá-lo.

Na segunda parte da história, descobrimos que a restauração do Tornado Vermelho é parte de uma trama de Thomas Oscar Morrow, cientista criminoso com fixação no futuro. Ele teve acesso à uma máquina que previu que, caso não destruísse a Liga da Justiça em 28 dias, ele cessaria de existir (!!?).

Enquanto tenta restaurar sua vida e criar uma identidade civil – John Smith – Tornado conhece Kathy Sutton por quem inicia uma paixão platônica muito semelhante em termos gerais ao envolvimento Visão e Feiticeira Escarlate na série Os Vingadores da Marvel Comics.

A Liga descobre o plano de T.O. Morrow, do qual o Tornado nada sabia e derrota o vilão, integrando definitivamente o herói mecânico em suas fileiras.

O ano irá terminar com o team-up anual da Liga da Justiça x Sociedade da Justiça, agora com a adição de Os Combatentes da Liberdade no evento “Crisis on Earth-X”, que transcorreu nas edições #107 (set-out, “Crisis on Earth-X!”) e #108 (nov-dez, “Thirteen against the Earth!”). Veja o review do evento, que já havia resenhado anos atrás, aqui.

O saldo é um ano mais enxuto, sem os excessos como backups na Era de Ouro ou edições Giant Size com reprints das primeiras histórias da equipe. Além disso nenhuma história tocou em questões sociais, ainda que questões humanos como confiança, amor e persistência, sentimentos que supostamente seriam adequados aos heróis estejam presentes em todos as edições. Talvez por isso seja o início de um ciclo de ascensão para a equipe.

Todas as edições por Len Wein, Dick Dillin e Dick Giordano.

The Satellite Years
Ano
Edições
#78-86
#87-95
#96-103
1973
#104-108












Postagens mais visitadas deste blog

EaD: Como estudar sozinho em casa

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas por que há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas por que ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.

Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.

Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.

A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.

Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.

Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.

Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.

Após enterrar uma bomba de hidrogên…

O único animal, Luís Fernando Veríssimo

O homem é o único animal...
...que ri
...que chora
...que chora de rir
...que passa por outro e finge que não vê
...que fala mais do que papagaio
...que está sempre no cio
...que passa trote
...que passa calote
...que mata a distância
...que manda matar
...que esfola os outros e vende o pêlo
...que alimenta as crias, mas depois cobra com chantagem sentimental
...que faz o que gosta escondido e o que não gosta em público
...que leva meses aprendendo a andar
...que toma aula de canto
...que desafina
...que paga pra voar
...que pensa que é anfíbio e morre afogado
...que pensa que é bípede e tem problema de coluna
...que não tem rabo colorido, mas manda fazer
...que só muda de cor com produtos químicos ou de vergonha
...que tem que comprar antenas
...que bebe, fuma, usa óculos, fica careca, põe o dedo no nariz e gosta de ópera
...que faz boneco inflável de fêmea
...que não suporta o próprio cheiro
...que se veste
...que veste os outros
...que despe os outros
...que só lambe os outros
...que tem cotas de emigração
...qu…