Pular para o conteúdo principal

Séries e notas (II)

A audiência dos primeiros episódios da 2ª temporada de V está fazendo os produtores repensarem a série e há possibilidade de cancelamento.

Talvez você não se recorde mas desde Lost as TV's dos EUA estão tentando uma nova série tão impactante em termos de audiência. Flashforward não pegou e era prometida como opção de migração. Fringe, a nossa imitação favorita de Arquivo X, retornou do hiato da terceira temporada com um grave boato de cancelamento. The Event foi para o hiato para retornar com grandes mudanças depois de três meses e V que impressionou quando exibiu seus primeiros quatro episódios ainda em 2.009 também não consegue se firmar.

Mesmo lançamentos mais recentes não convencem (The Cape, Episodes, Shit my dad says!) e até aquela que poderia ser sustentada por fãs não ficará (Caprica, um spin-off prequel de Battlestar Galactica). Os produtores da franquia Battlestar já anunciam uma série que passaria entre Caprica e Galactica. Veremos.

Curiosamente algumas séries “alternativas” tem boa audiência, renovações para novas temporadas e boa situação no fandom como Dexter, Breaking Bad, The Walking Dead (aqui), Californication e Big Love.

As produtoras e redes realmente devem estar preocupadas. Para onde migrará o público que acompanha Smallville, House, Two and a Half Man e Big Bang Theory?

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!