Pular para o conteúdo principal

Os mortos e os ágeis

Todos começam por algum lugar nalgum dia. Quando comecei no software livre/código aberto (SL/CA) imaginei de forma pudica que as empresas abrissem o código para usar o conhecimento geral e melhorá-lo e depois fechassem-no novamente.

Talvez isto possa ocorrer de fato, mas é fundamental citar o papel da The Document Foundation. Veja em detalhes na revista BrOffice.org #15 (aqui) mas em síntese depois que a Oracle/Sun dificultou suas políticas para a constante melhoria do pacote OpenOffice.org (que tem sua versão nacional no BrOffice.org), a comunidade pegou o código e levou para outro projeto. Estagna o OpenOffice e surge o LibreOffice.

Nota-se que a decisão não foi impensada como seria “próprio” para pessoas ligadas à informática, acostumadas à mudanças rápidas e ágeis. Após várias tentativas de negociações de modo a estabelecer um cronograma – Sim! Programadores tem um! - a comunidade entendeu que a empresa tinha outras prioridades no momento.

Ganha a comunidade, que com isso ganha experiência, ganha a Oracle, se livra de pessoas que questionavam suas metodologias e ganham os usuários.

* * *

Alguns compreendem que a linguagem JAVA talvez tenha que se libertar das amarras de sua empresa financiadora/proprietária para alcançar a condição máxima como linguagem padrão do SL/CA.

Outros compreendem simplesmente que o Python já faz isto!

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!