Pular para o conteúdo principal

A Infinita Saga do Infinito, Parte V: E com vocês... Warlock, Parte I

Semelhante a Star Wars, que teve um coadjuvante de luxo quase como astro principal na figura de Luke Skywalker, mas sendo o verdadeiro astro Anakin Skywalker, o Darth Vader, a Saga de Thanos também teve um segundo herói para absorver a atenção dos leitores enquanto Jim Starlin brincava com Thanos: Warlock.

Warlock é uma criação conjunta de Stan Lee, Jack Kirby, Roy Thomas, Gil Kane e Jim Starlin, sendo que cada um contribuiu para o personagem. Não estranhe mas John Constantine da DC Comics também tem uma lista grande de criadores.

Originalmente Warlock era “A Criatura do Compartimento 41” o primeiro ser humano sintético apresentado em Fantastic Four # 66-67, 1º Volume – 1967 (A Saga de Thanos # 3, Ed. Abril, 1992). Lá já estava o famoso casulo que seguiria o personagem. A história é de Jack Kirby & Stan Lee, Jack Kirby e Joe Sinnott.

Em The Mighty Thor # 165-166, 1º Volume – 1969 (A Saga de Thanos # 3) de Kirby & Lee, Kirby e Vince Colletta, “A criatura do compartimento 41” ressurge resgatada do espaço e assume o nome de “Ele” querendo desposar Sif, então a namorada de Thor. “Ele” é derrotado diante da fúria de Thor e só retornaria na década seguinte.

Em Marvel Premiere # 01 – 1971 (A Saga de Thanos # 3) Roy Thomas, Gil Kane e Dan Adkins, usam o Alto Evolucionário para fazer uma nova Terra chamada de Contra-Terra pelo cientista, e ele resgata “Ele” e finalmente temos nome pelo qual o personagem ficaria conhecido: Warlock – em breve uma nativa da Contra-Terra forneceria o primeiro nome, Adam.

Com a falha da tentativa de criar uma Terra pura, Warlock recebe uma jóia espiritual do Alto Evolucionário e parte para o planeta enfrentar a personificação do mal, o Homem-Fera (Marvel Premiere # 1-2; Warlock # 01-04, 1972; A Saga de Thanos # 3; Warlock # 05-07, A Saga de Thanos # 04, Ed. Abril, 1992).

Em Warlock # 08 de Mike Friedrich, Bob Brown e Tom Sutton há o confronto final entre Warlock e Homem-Ferra, que graças ao cancelamento da série, é transferido para The Incredible Hulk # 176-178, 2º volume, 1973 (A Saga de Thanos # 4, Ed. Abril) de Gerry Conway e Tony Isabella, Herb Trimpe e Jack Abel.

A saga imodestamente faz referências à história de Jesus Cristo quando apresenta Adam Warlock como um salvador e antagonista do mal personificado. Ao final Warlock ressurge depois de morrer para enfrentar o vilão e então partir para o esquecimento.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!