Pular para o conteúdo principal

Distribuição Panini, IV: As vendas diretas

O mercado americano adotou o sistema de vendas diretas. Neste tipo de mercado as gibiterias pedem uma quantidade de títulos de acreditam que irá vender. Os responsáveis pelos pedidos tomam como base o histórico de vendas do título, a publicidade, os autores – escritor, desenhista e capista -, a relação com algum evento e o fato de ser o início ou conclusão de uma história.

Não deixa dúvida alguma que a renovação é difícil. Autores novos tem que ter publicidade maior para se destacarem. Personagens novos tem que ter a famosa “participação especial”. Mas o pior é o fato de que ninguém encontra quadrinhos fora das gibiterias (e nos sítios da Internet) e os lançamentos passam à margem do público.

As tiragens muito próximas de 200 a 250 mil exemplares no início dos anos 1.980, agora estão na faixa de 35 – 75 mil exemplares.

A estratégia atual é que os filmes irão atrair os leitores. Não acredito nisso!

Batman: O cavaleiro das trevas ultrapassou US $ 1 bilhão e nem por isso o número de leitores ampliou. Homem de Ferro 2 é um excelente filme, mas ninguém quer sair da sala de cinema e comprar uma revista do vingador dourado. De qualquer modo se quisesse: a) nos EUA teria que entrar numa comic shop e fazer o cadastro para receber meses depois; b) no Brasil teria que dar sorte e encontrar uma banca que tenha a cópia da revista que deseja ler.

São muitas variáveis para gerenciar!

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!