Pular para o conteúdo principal

Atualizando o Flash no Ubuntu: uma solução que funcione!

Sempre fui contra o pessoal que tem preferência para formatar o winchester e reinstalar o Sistema Operacional. Entendo, que, é claro, funciona quando não se tem tempo e nenhum compromisso com o cliente.

Mas não deveria ser a prática mais comum, já que cobram tanto.

Porém há problemas como o Adobe Flash, um programa proprietário muito usado atualmente, seja no Orkut, seja no You Tube, seja na área de programação.

Com o Ubuntu 9.04 atualizado em 17 de abril de 2010, eu não consegui fazer uma atualização satisfatória do Flash 9 para o 1o.

Primeiro tentei o download de um pacote TAR que gerou um arquivo .so que deveria ser copiado para a pastar de plugins do Firefox.

Não funcionou.

Depois tentei o download de um pacote DEB que gerou um conflito com um arquivo já instalado. Retirei o arquivo e instalei o pacote, mas para minha surpresa o sítio do YouTube continuava a avisar que a versão estava desatualizada.

Depois de mais de uma hora, copiando, baixando, desinstalando e reinstalando, preferi a mais básica de todas as soluções: desinstalei por completo o Flash e reinstalei de novo.

É chato fazer isto, mas com Internet de alta velocidade demora no máximo quatro minutos e a chance de conflito é mínima.

Então caso precise feche o Mozilla Firefox e vá em Aplicativos > Acessórios > Terminal e clique.

Você irá parar no Terminal onde os comandos terão que ser digitados. Para continuar você necessitará na senha de administrador do sistema.

Digite então:

1) sudo apt-get remove flashplugin-* --purge


2) sudo apt-get remove --purge swfdec-mozilla swfdec-gnome mozilla-plugin-gnash gnash


3) sudo apt-get install flashplugin-nonfree

Observe que ele irá pedir a senha e irá questionar a confirmação de alguns passos contigo.

E pronto!

Tudo foi rápido, simples e indolor.

Poderia ser melhor se a Adobe criasse apenas um arquivo de atualização e postasse no repositório do Ubuntu/Linux.

De qualquer modo desta maneira funciona!

Até mais!

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!