Pular para o conteúdo principal

Arco “Reino do Amanhã” mais próximo do fim em Liga da Justiça #84

Com bela capa de Alex Ross, mas que tem pouca relação com o conteúdo temos uma boa edição de Liga da Justiça.

Dwyane McDuffie não convence com suas tramas envolvendo o deus-aranha Anansi e Vixen e Homem-Animal, que por sinal ainda vai terminar na próxima edição, mas a parte da vingança de Tornado Vermelho contra Professor Ivo salva a história.

Gail Simone escreve um arco intermediário da Mulher Maravilha onde a heroína enfrenta a Rainha Tsaritsa, a rainha má de todos os contos de fadas, que está influenciando uma produção cinematográfica que narra a história de Diana. Apesar de criada num arco de Liga da Justiça, nunca pensei que veria a vilã novamente. Ela, no entanto, resiste. Apareceu numa história do Superman e agora navega nesta fase que parece ressaltar o aspecto das lendas, misticismo, terras distantes e outros na atual série Wonder Woman.

Foi noticiado que Dan Didio tem intenção de recuperar a numeração original da primeira série Wonder Woman, mais o montante da segunda série e da atual terceira na edição que somadas as séries totalizaria 600 números!

Didio disse que o fará se receber, no mínimo, 600 cartões postais pedindo.

Sociedade da Justiça aparece com duas histórias. A primeira, da edição #20 mostra o final do imbróglio da Poderosa que viajou para a Terra-2 disposta a encontrar sua dimensão natal e descobre que há uma Poderosa lá! As equipes de Terra distintas se chocam! Por Geoff Johns & Alex Ross, Dale Eaglesham & Jerry Ordway e Nathan Massengill & Bob Wiacek.

A segunda é da edição “Justice Society of America: Kingdom Come Special – Superman # 1”, com roteiro e arte de Alex Ross e narra a tentativa do Superman da Terra-22 de descobrir a razão de ter vindo para a Nova Terra. Aqui, ao impedir um ataque de terroristas ao Planeta Diário ele perde o controle e tenta buscar informações com a versão do Reverendo Norman McCay daqui, sem sucesso. O restante da edição mostra o herói contando para Lois como o Coringa matou a versão dela na Terra-22 e a promessa que fez de não romper os limites.

Boa história, acrescenta informações relevantes para a história do Superman e deixa claro que ele veio de durante os eventos da série “O reino do amanhã” (logo após a explosão da bomba atômica). Vale a pena ser lida.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!