Open top menu
quinta-feira, 29 de janeiro de 2015


[Trama]
A vida em Alexandria e as escolhas de seus cidadãos. Abraham é escalado para construir os muros e assume uma posição de mando em função da covardia do líder anterior. Rick rouba algumas armas do arsenal com o auxílio de Glenn, depois se envolve em uma briga doméstica com amargas consequências. Glenn sai para buscar antibióticos e de volta tem que enfrentar o distanciamento de Maggie. Michonne depois de uma tentativa falha de relacionamento com Morgan, assume como “agente” e tem que deter Rick e por algum juízo nele. Andrea se enamora e se torna atiradora de elite de uma torre de vigilância. Carl não se sente bem com a ideia de falhas de seu pai e o recrimina em vários momentos.

Eles enfrentam a chegada de um grupo de desconhecidos armados e momentaneamente vencem. Douglas questiona sua liderança e praticamente a entrega à Rick.

[Opinião]
O décimo terceiro volume reúne as edições The Walking Dead #73-78 e mais uma história curta para o Free Comic Book Day de 2013. É uma trama política acima de tudo. O quê os personagens são e fazem e como Alexandria é importante para eles e até que ponto eles irão para proteger a cidade.

A interação entre os personagens é importantes para a trama e faz bem ao desenvolvimento. Pessoalmente acho um pouco arrastado.

De resto a ideia dos andarilhos atraídos por tiros, ou seja, a horda conceito cimentado nos últimos dois anos, mas não visto em sua totalidade ainda, continua a ter espaço, ainda que ninguém cite neste volume as dificuldades motoras dos zumbis que tinham sido citadas antes. Há também o surgimento de um novo grupo de antagonistas. Aqui os incursores são eliminados, mas sabe-se, sem sombra de dúvida que em breve haverá uma nova tentativa de contato.

Os mortos-vivos volume 13: Fomos longe demais, março de 2014. HqM Editora. Texto de Robert Kirkman, lápis e finais Charlie Adlard e tons de cinza Cliff Rathburn. ISBN 978-85-998-5979-7.

Different Themes
Written by Lovely

Aenean quis feugiat elit. Quisque ultricies sollicitudin ante ut venenatis. Nulla dapibus placerat faucibus. Aenean quis leo non neque ultrices scelerisque. Nullam nec vulputate velit. Etiam fermentum turpis at magna tristique interdum.

0 comentários