Open top menu
terça-feira, 29 de julho de 2014


Perry Rhodan retorna à vida dos brasileiros no formato virtual, próprio para os leitores acostumados a ler em computador ou tablets. Após confirmação do pagamento é possível fazer o download que vem acompanhado de três arquivos (mob, e-pub e PDF) e o leitor escolhe a mídia que deseja ler e por extensão o formato de arquivo mais adequado.

A estratégia é ousada e favorece a pirataria, afinal posso reenviar facilmente o arquivo, mas o preço – pouco menos de R$6,00 – favorece a honestidade. Por sinal, sem honestidade não haverá sobrevida à cinquentenária série.

Tenho apenas a impressão que o ciclo atual, o 13º da série, chamado Bardioc, que vai do episódio 800 a 867 deveria ter uma atenção diferenciada. O melhor, devido ao novo formato seria mais interessante iniciar em um ciclo mais significativo (qual?) e publicar os ciclos anteriores de forma alternada. Talvez um episódio de jubileu – como são chamados os episódios de início de ciclos. Economicamente criaria um problema como duas traduções e sempre a lembrança de que há uma informação para trás, algo que em uma série de 2.300 episódios publicados é impossível não ter.

[Trama]
A trama do episódio trata da viagem do lare Hotrenor-Taak à Titã, a última fortaleza dos super-pesados neste sistema solar para uma missão em prol da humanidade, mesmo certo que não terá gratidão.

De fundo, a trama sobre o retorno da Terra à sua posição original e o risco da existência de um buraco negro.

[Impressões]
A trama realmente tem uma boa dose de ação, mas é evidente que o leitor – mesmo o fã de Rhodan – sente-se acordado em um trem (uma nave?) desgovernado! Não há maneira de compreender perfeitamente todas as tramas em aberto e todas as implicações. De um modo geral é como comprar uma edição do Homem-Aranha depois de seis anos sem ler nada… e no meio de um arco.

(Evidentemente no caso do Aranha a Marvel em dois ou três anos retornará ao status quo padrão e você reconhecerá o personagem como alguém que não evolui; sempre desempregado e sem esposa. Acho que no caso dele, os leitores se divertem em imaginar alguém estagnado e incapaz modificar positivamente sua vida.)

Apesar de minhas resistências pessoais ao formato digital, que inclusive me levaram a parar de adquirir edições do Comixology, acompanharei a série. Por sinal, sempre é bom lembrar: o Comixology periga tornar-se para os quadrinhos o equivalente à Amazon nos livros ou o Google nas buscas e serviços. Em síntese: estou nadando contra a corrente.

Perry Rhodan
-1
0
+1
847:
Metamorfose
13º ciclo:
Bardioc, episódio 48
848:
Titã, o último bastião
13º ciclo:
Bardioc, episódio 49
Kurt Mahr
849:
Salto sobre o abismo
13º ciclo:
Bardioc, episódio 50
Kurt Mahr

Different Themes
Written by Lovely

Aenean quis feugiat elit. Quisque ultricies sollicitudin ante ut venenatis. Nulla dapibus placerat faucibus. Aenean quis leo non neque ultrices scelerisque. Nullam nec vulputate velit. Etiam fermentum turpis at magna tristique interdum.

0 comentários