Pular para o conteúdo principal

Os Novos 52: a Panini anuncia um novo modelo para a DC Comics


Liga da Justiça por Jim Lee em breve no Brasil!
A editora Panini Comics anunciou como será o modelo de publicação para Os Novos 52

Irá cancelar e reiniciar as séries existentes, reestruturar a divisão das histórias e, neste item, trocar meia por meia dúzia, pois troca as revistas de sete aventuras por duas de três.

Não é essa a novidade realmente, por que era isso que se esperava da Panini.

Mas a editora que irá publicar todas as 52 séries!

Para tanto, além das revistas que publica em bancas e/ou assinatura irá iniciar uma parceria com a Comix e a Devir – conhecidas lojas de quadrinhos brasileiras – de modo a produzir conteúdo que será publicado em revistas distribuídas exclusivamente nestas lojas e suas afiliadas.

O modelo não é novo, já que a Brainstore e a Opera Gráphica tinham contratos semelhantes e atualmente a HqManiacs usa um modelo de distribuição como este para a série de encadernados de Os mortos-vivos.

A Panini encontrou um meio termo interessante. Os leitores tradicionais (bancas e assinaturas) continuaram a encontrarem Superman, Batman, Lanterna Verde, Flash e Liga da Justiça nas bancas. Já aqueles personagens de vendas duvidosas, cerca de metade das 52 novas séries, passarão para a distribuição exclusiva em lojas especializadas.

Com isto a Panini continua renovando o público que continuará encontrando suas séries preferidas à disposição nas bancas e evitará o acúmulo de séries novas, além de evitar constranger o leitor comum que não compra em comic shops e não confia em Internet, Boletas e Cartões de Crédito para efetuar suas compras. Afinal, um ser humano “comum” brasileiro nunca entraria numa comic shop e certamente não faria a reserva de uma série que não sabe o conteúdo.

Com a medida parece ser possível unir o público de bancas e o público das especializadas para fazer o mercado crescer.

Veremos.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!