Pular para o conteúdo principal

The New 52: Superman


Devo dizer que foi uma grata surpresa a primeira edição de Superman por George Pérez (texto e lay-outs) e Jesus Merino (lápis sobre lay-outs e finais). A edição não é ruim e resgata alguns conceitos que já tinham sido utilizados como a reformulação no Planeta Diário e a energia limitada, porém crescente, do Superman.

Comparativamente a edição lembra um especial chamado Superman: Save the Planet de Louise Simonson em que o herói impede que uma chuva de meteoros cause grande destruição enquanto Lex Luthor demite os funcionários do Planeta anos atrás, mas desta vez não há demissão. A inauguração do novo prédio também lembra o início da fase de Jeph Loeb e Ed McGuinness no personagem uma década atrás.

Basicamente é uma história do herói na atual cronologia, com poucas diferenças: um novo Morgan Edge chefe de um conglomerado de comunicações que tem braços em portais de informações via internet e jornal impresso. Há o inimigo misterioso, tão comum nas edições #01 das séries The New 52 que tem alguma relação com Stormwatch #01. E por fim há a “grande diferença”: Lois é a diretora do braço de portais via internet e não está casada com Clark Kent, como adicional tem um namoro adulto com outro personagem.

Gostei da história e ainda que já tivesse me acostumado com o padrão de herói casado achei um bom começo.

Por sinal já é público que Pérez só ficará até a 6ª edição e a DC Comics está explicando que algumas equipes serão rotativas.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!