Pular para o conteúdo principal

Heartbreak Soup (Crônicas de Palomar)

A edição da Editora Record
Criada por Gilbert Hernandez e publicada na série Love & Rockets junto com material de seu irmão Jaime Hernandez, Heartbreak Soup (Sopa de pesares ou Sopa para corações partidos, uma referência à uma sopa feita por uma personagem para que seu coração “endureça” e fique mais resistente às paixões), certamente salta aos olhos por narrar com qualidade pouca vezes vista nos quadrinhos o dia-a-dia de uma pequena cidade da América Central chamada Palomar e seus habitantes, suas ilusões, suas paixões, seus medos e qualidades.

Beirando o surreal, o provinciano e o cosmopolita, e com um “quê” de Gabriel Garcia Márquez (em especial Cem anos de solidão) e Gilberto Amado (na fase de romance de costumes em especial Dona Flor e seus dois maridos), Heartbreak Soup irá agradar e surpreender.

Na primeira história foi publicada no Brasil em Love & Rockets # 1 e 2 (Editora Record, 1991) e é lá que conhecemos Palomar e somos apresentados à Chelo, uma mulher que ganha a vida dando banhos nos habitantes da cidade e que anteriormente foi parteira, ajudando no parto de vários dos atuais adolescentes.

Em especial dois chamam a atenção de Chelo: Manuel, um perfeito boa-pinta e Don Juan, e Soledad, o “gordinho inteligente” que vivia uma paixão platônica por Pipo, uma linda moça. Conhecemos Tipin’Tipin que está em profunda depressão com ter sido rejeitado por uma de suas amadas (todas platônicas) e é acolhido durante alguns dias na casa de Pipo pela irmã mais jovem da moça Carmen.

Pipo finalmente consegue atrair a atenção de Manuel (e este por sua vez, o ódio de Gato, um eterno apaixonado por Pipo) até que descobre que a atenção do rapaz é mais física. Entre outros personagens temos Luba, uma nova banhista que chega em Palomar e inicialmente desperta ciúmes de Chelo; o delegado ineficiente; Heráclio um dos adolescentes que vê fantasmas, entre outros tipos tipicamente latino-americanos.

Este personagens e outros tantos somados pelo texto eficiente de Beto Hernandez produz uma das mais interessantes graphic novels dos quadrinhos (20 páginas em cada edição) e o retrato eficiente dos costumes de um povo.

Se você gostou de Cem anos de solidão irá gostar de Crônicas de Palomar.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

A Saga do Quarto Mundo: Novos Deuses, volume 1 e 2

Ponto central a Saga do Quarto Mundo em New Gods (Novos Deuses em português) temos as aventuras de Orion sozinho ou auxiliado por Magtron e humanos. A parceria entre um deus e humanos seria evocada novamente em Os Eternos (1.976-78) do mesmo Jack Kirby. Em ambas as séries, após a parceria inicial os humanos seriam abandonados.

Aqui a macro-trama é que na Terra o deus maligno Darkseid tem pistas de uma fórmula chamada equação anti-vida ao qual deseja com objetivos próprios. Orion, filho de Darkseid mas criado pelo benigno Pai Celestial, é o nêmese de seu pai e está destinado a matá-lo.

Além de New Gods a Saga do Quarto Mundo foi publicada nos primeiros volumes das séries Mr Miracle (Senhor Milagre), Forever People (Povo da Eternidade) e Superman Pal's Jimmy Olsen (a única que não foi criação original de Kirby).

Originalmente New Gods foi publicada em série bimestral com onze números (março de 1972- novembro de 1972).

Em 1984 a DC Comics re-editou a série original em The New Gods,…