Pular para o conteúdo principal

Boxes

Impossibilitado de comprar os boxes de lançamentos das séries atuais, encontrei uma promoção e comprei a 1ª, 2ª e 3ª temporadas de Arquivo X a R$ 40,00 cada. Voltarei a tocar no assunto por aqui, mas desde já deixo claro que o box – lançado comercialmente em 2001/02 – é terrível.

A primeira temporada que terminei de assistir ontem, tem erros grosseiros de português ao longo dos episódios. Se uma pequena parcela do público não percebe isso por que assiste a versão dublada, a próxima acusação é que nos comerciais internacionais não há um em português. Agora um detalhe: quem quer ver comerciais internacionais?

Com algumas histórias interessantes para contar sobre a temporada, o DVD não tem um making off, entrevista nem nada para sustentar o interesse do fã. Umas poucas cenas extras têm um detalhe macabro: não são exibidas individualmente, e sim, somente com a exibição do episódio, porém somente se as legendas não estiverem ligadas. Ou seja, somente se você assistir ao episódio com som original e sem legendas para ver uma seqüência mínima, como a famosa em que Scully ia à uma festa com um namorado, e Chris Carter decidiu torná-la assexuada e guardiã de Mulder.

Excetuando o descaso com legendas e a falta de material extras e concentrando-se apenas nos episódios, Arquivo X – 1ª temporada (a R$ 39,90, procure por aí) é uma excelente oportunidade para ver o engatinhar de uma longa mitologia que se cristalizaria entre a 2ª e 5ª temporadas.

Assista vale a pena!

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!

EaD: Como estudar sozinho em casa