Pular para o conteúdo principal

O evento

Após quatro episódios a série de TV, The event já conquistou seu espaço na relação das séries de conspiração complexas que ninguém entende nada se não tiver à mão uma folha de papel com os símbolos complexos que resumem a série (algo que as editoras de quadrinhos estão usando com frequência).

O resumo

The event mostra um casal indo a um cruzeiro em Antigua. A moça é sequestrada para que seu pai, piloto que irá sobrevoar a residência do presidente dos EUA, atire o avião na residência.

O piloto obedece, mas o avião é transportado para o Texas. O rapaz que tentava convencer o sogro a não fazer o crime, estava no avião, depois de cerca de cinco dias procurando uma pista da noiva. Quando o avião pousa no deserto ele consegue escapar e é preso em um hospital ali próximo.

Uma dupla do FBI, vai ao encontro do jovem e ele salva a vida de uma agente, que dá algum crédito à história de sequestro e abdução na costa oeste. A sede do FBI é invadida por falsos agentes que dizimam os agentes locais e o rapaz e a agente saem em busca de uma pista da moça, tendo alguma informação em função de uma foto e do uso de cartões de crédito da sequestradora.

* * *

O presidente dos EUA estava prestes a fazer um anúncio importante: desde 1.944 uma população alienígena de 97 pessoas esteve prisioneira em Inostranka. O código genético destas pessoas é 98% compatível com o código humano. O presidente – descendentes de cubanos exilados nos EUA – decide que é hora de tornar público este fato.

Ele se aproxima da líder dos alienígenas a quem cria vínculos de amizades. No dia da coletiva de imprensa um avião que ia de Miami para São Paulo parece estar fora da rota em direção à residência do presidente. Porém a aeronave desaparece no ar!

A coletiva é cancelada, os fatos são alterados e ninguém sabe realmente o quê aconteceu. O avião é encontrado no Texas com todas as pessoas mortas!

Um grupo de alienígenas que escapou da queda em 1.944 está livre desde então e infiltrado em altos cargos americanos. O líder desta facção provando sua manipulação, ressuscita as pessoas, apenas que fazê-las sangrarem terrivelmente. A exigência dele: liberdade para os 97 prisioneiros!

* * *

A conspiração presente é: quem tentou matar o presidente e tem recursos para se infiltrar nas agências do governo? Será o líder dos fugitivos ou alguém mais? O rapaz tem uma informação que pode levar ao rastreamento dos responsáveis, mas os sequestradores deixam pistas para aprisioná-lo! Conseguirá ele provar sua inocência e encontrar sua noiva? Ao mesmo tempo parece que há algo misterioso com o rapaz, poderia ele ser um dos fugitivos, já infiltrado na sociedade?

Por que os alienígenas ocultaram a informação de que havia mais sobreviventes, mesmo durante a rodada final de negociação? Teriam estes sobreviventes uma agenda própria?

Aguarde os próximos episódios de The event, que tem estréia no Brasil programada para breve.

Postagens mais visitadas deste blog

EaD: Como estudar sozinho em casa

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas por que há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas por que ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.

Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.

Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.

A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.

Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.

Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.

Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.

Após enterrar uma bomba de hidrogên…

O único animal, Luís Fernando Veríssimo

O homem é o único animal...
...que ri
...que chora
...que chora de rir
...que passa por outro e finge que não vê
...que fala mais do que papagaio
...que está sempre no cio
...que passa trote
...que passa calote
...que mata a distância
...que manda matar
...que esfola os outros e vende o pêlo
...que alimenta as crias, mas depois cobra com chantagem sentimental
...que faz o que gosta escondido e o que não gosta em público
...que leva meses aprendendo a andar
...que toma aula de canto
...que desafina
...que paga pra voar
...que pensa que é anfíbio e morre afogado
...que pensa que é bípede e tem problema de coluna
...que não tem rabo colorido, mas manda fazer
...que só muda de cor com produtos químicos ou de vergonha
...que tem que comprar antenas
...que bebe, fuma, usa óculos, fica careca, põe o dedo no nariz e gosta de ópera
...que faz boneco inflável de fêmea
...que não suporta o próprio cheiro
...que se veste
...que veste os outros
...que despe os outros
...que só lambe os outros
...que tem cotas de emigração
...qu…