Pular para o conteúdo principal

A WildStorm acabou! E daí?


Numa série de anúncios da última semana, como a mudança de parte do pessoal para a Califórnia e que não irá copiar o modelo de filmes da Marvel, a DC Comics anunciou também que encerrará as atividades da editora que adquiriu em 1.998 por US$ 45 milhões, a WildStorm.

Desdobramento de um dos vários estúdios que se uniram para fundar a Image Comics em 1.992, a WildStorm é o exemplo definitivo de passe caro, muito caro. A DC pagou US$ 45 milhões para ter o passe de Jim Lee, o proprietário mais conhecido da WildStorm. Infelizmente o desenhista-fenômeno tem mais atividades administrativas do que de como desenhista. Desde que comprou a editora a DC Comics publicou poucas histórias com a arte de Lee. Entre elas estão Just Imagine Stan Lee & Jim Lee creating Wonder Woman, Batman – Silêncio (12 números), Superman – Pelo Amanhã (12 números) e dezenas de capas.

Parece-me o mesmo erro de avaliação que a editora comentou com Garcia Lopez, que saiu da criação para administração nos anos 1.970.

Num primeiro momento a editora ainda não sabe o quê fara com os personagens. Tentará introduzi-los na continuidade de seu universo padrão. Desde o retorno do Multiverso depois da série semanal 52 a WildStorm tem uma “Terra” na continuidade da DC, a Terra 50 (aqui).

Algumas séries de autor da WildStorm Signatures, como Astro City poderão retornar pela DC Comics, mas cada caso é específico.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!