Pular para o conteúdo principal

Death, consired as a state of mind!

All-Star Squadron # 19, DC Comics (março/1983) – Inédito no Brasil – Inverno de 1942. O A-SS (Jonnhy Quick, Robotman, Liberte Belle, Comandante Gládio, Flamejante e Tarântula) é atraído ao pavilhão da N.Y. World’s Fair, aparentemente desocupado, por uma mensagem em código morse.

Lá encontram a Sociedade da Justiça da América aprisionada por Onda Mental (Brain Wave), um vilão com poderes mentais aprimorados.

O vilão narra aos heróis que mantém a SJA em um estágio de sonho, enfrentando e vencendo inimigos japoneses, conforme o pedido do Comandante das Forças Armadas, que pediu a formação do Batalhão de Justiça da América (Justice Battalion of America) para utilizar melhor os recursos dos heróis da SJA (Johnny Thunder, Átomo, Gavião Negro, Espectro, Sr. Destino, Starman, Sandman, Dr. Meia-Noite e Mulher-Maravilha) durante a guerra1.

Ao seguirem para atacar o Japão o BJA é aprisionado pelo Onda Mental que utiliza-se de seus poderes para fazer ilusões onde eles perdem a batalha, sendo derrotados e mortos pelos japoneses.

Onda Mental desafia o A-SS a salvar os companheiros.

All-Star Squadron # 20, DC Comics (abril/1983) – Inédito no Brasil – O A-SS aceita o desafio de Onda Mental, mas acaba falhando...

Isso dá oportunidade para conhecermos a origem do Onda Mental, com direito a citação de uma aventura ocorrida em All-Star Comics # 08 (1941) e como o vilão implantou a influência primeiro na SJA e depois no A-SS, para meses depois obedecerem às suas ordens.

Há cortes com tramas de outros membros da SJA ainda não capturados, como Espectro enfrentando Kulak e sendo derrotado, Superman enfrentando Lex Luthor com a Pedra do Poder (de Superman # 17 – 1942), Batman salvando Robin das garras do Coringa (de Batman # 11 – 1942) e Flash impedindo uma tentativa de assassinato de Júlio César antes do tempo (All-Flash # 4 – 1942).

Estes heróis estavam ocupados, mas o Lanterna Verde, ouve a notícia do sinal em código Morse e vai até a Feira Mundial, entrando imediatamente no reino mental do vilão e desafiando-o.

O Lanterna consegue libertar os heróis, mas fica aterrorizado com a devastação que ele próprio faz no reino mental.

Argumento de Roy Thomas e lápis & finais de Jerry Ordway.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!