Pular para o conteúdo principal

Vingador Fantasma e suas origens

Importante na década de 1.970 quando era apresentador de uma antologia de terror com morais – coisa herdada da EC Comics, mas lá nunca havia moral, Vingador Fantasma foi durante muito tempo o membro “místico” da Liga da Justiça, função que dividiu com Zatanna na Liga da Justiça.

Justiça seja feita, a Zatanna era a bruxa da equipe e o Vingador era o místico-com-tons-de-mistério-indecifrável.

Em 1.986/87 ele dividiu a atenção dos leitores em Lendas onde era o antagonista de Darkseid. Naquela época, necessitando apresentar o personagem aos leitores a DC Comics criou uma “Secret Origins” onde construiu quatro origens. Numa ele é o judeu errante, noutra um anjo que ficou no meio do murro e em outra uma um cientista. E há mais uma.

A editora nunca definiu qual é a mais correta, e uma imagem da edição da série Phantom Strange que faz cross-over com “A noite mais densa” faz alusão a três destas origens.

Interessante que o fato ainda continue a ser lembrado.

Uma das origens, sobre o anjo, é de Alan Moore.

Outra é de Paul Kupperberg que em diversos momentos tentou criar uma série do personagem no selo Vertigo, sem sucesso. Neil Gaiman, autor de Sandman, disse em entrevista que tinha planos para o Vingador Fantasma que foram postos de lado em função de Kupperberg.

No entanto, conseguiu usar o personagem em Livros da Magia. Lá o Vingador Fantasma e outros personagens místicos da editora apresentam o mundo da magia para Tim Hunter.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!