Pular para o conteúdo principal

Viagem no tempo

O físico inglês Stephen Hawkings teorizou ser possível a viagem no tempo, mas disse que ao viajar a pessoa estaria imune ao “complexo do avô”.

O complexo do avô é a teoria simples onde uma pessoa viaja no tempo e altera um detalhe que impede seu nascimento, portanto não poderia ter feito a viagem. Um exemplo?

O filme De volta para o futuro, onde a mãe ainda adolescente se apaixona pela filho vindo do futuro, e se o tom do filme fosse outro poderia haver um relacionamento, que iria destruir a própria existência do personagem vivido por Michael J Fox.

Num dos livros da série Star Trek “O filho de Spock”, o personagem Spock tem um filho num passado distante. A estrela que órbita o planeta, no presente, irá destruí-lo e não haverá registros. Spock resolve fazer uma visita (a segunda, na verdade, pois o livro é uma continuação) e assume o lugar de seu filho em uma batalha.

A lição?

Se, devido a um viajante do tempo, uma pessoa ficar impossibilitada de fazer algo que deveria, a própria estrutura do tempo se encarregaria de corrigir a situação, colocando outra pessoa no lugar.

Em Planetary, as pessoas só podem voltar no tempo até o acionamento da primeira máquina do tempo e num conto perdido que li em alguma Isaac Asimov Science Fiction Magazine ferimentos de viagem no tempo se curam ao retornar ao presente e a pessoa tem um prazo para ficar no passado – algo envolvendo a energia disponível no momento em que foi enviado.

A síntese: cada autor trata a viagem no tempo como quer e os produtores de Lost se divertem a cada polêmica criada pelos fãs, afinal isto gera audiência necessária para haver retorno dos investimentos e por extensão, lucro.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!