Pular para o conteúdo principal

Spoiler, a futura enciclopédia dos quadrinhos: Milênio

Millenium # 1 publicado em SuperPowers # 14, Editora Abril (ago/89) – Os Caçadores reúnem-se e o Caçador Mestre relata sua origem. Os caçadores são robôs construídos pelos Guardiões do Universo antes da Tropa dos Lanternas Verdes e que foram desativados. Após criarem uma rede de influência cósmica, eles admitem um segundo tipo de membros: seres humanos. Tom Kalmaku, amigo do Lanterna Verde Hal Jordan, espiona a reunião mas é espancando depois de descoberto.
O Guardião do Universo Herupa Hando Hu e a zamoriana Nadia Safir materializam-se na Cidadela dos Lanternas Verdes e avisam que os escolhidos para evoluir a humanidade um degrau na escala evolucionária serão alvo dos Caçadores Cósmicos.
Os heróis são convocados para ouvir o pronunciamento do casal. Liga da Justiça Internacional, Renegados, Corporação Infinito, Superman, Flash, Nuclear, Batman, Arqueiro Verde e a Tropa dos Lanternas Verdes estão entre os convocados.
Herupa e Nadia relatam suas origens e anunciam que dez pessoas terão sua evolução forçada para preparar a Terra para o próximo Milênio. Os planos serão alterados após saberem que Terra dos Novos Titãs está morta.
Indecisos sobre a ética do que está sendo feito, os heróis são encorajados a protegerem os escolhidos pelo Superman.
Descobrimos que cada grupo ou heróis vai ter um agente humano dos Caçadores que será o traidor do herói ou grupo.
Millenium # 2 publicado em Liga da Justiça # 8, Editora Abril (ago/89)Lana Lang é enviada para ameaçar Clark Kent na redação do Planeta Diário.
Herupa e Nadia buscam Betty Clawman, uma aborígine, para fazer parte dos escolhidos, assim como o empresário Takeo Yakata. Batman é atacado por seu caçador cósmico: Jim Gordon!
Precursora encontra com o guardião e a zamoriana, que explicam à ela sua culpa nos atuais acontecimentos: ao lançar um satélite com dados pessoais dos heróis ao espaço, como uma homenagem ao Monitor - no final de Crise -, o aparelho foi interceptado pelos Caçadores Cósmicos, já que sua base secreto ficava na rota escolhida.

Xiang Po, uma chinesa, é convidada a fazer parte dos escolhidos, mas decide consultar a Direção do Partido Comunista.
Na Rússia o convite é repetido a Nikolai Latikov, que o nega, acreditando ser um teste do Partido Comunista.
Em Chicago, Besouro Azul enfrenta Fisher, um caçador cósmico. Na Inglaterra, Célia Windward, uma jovem negra é convidada para ser uma das escolhidas. E no Irã, Salimã Baranizar, acredita ser uma blasfêmia devido às regras sociais e religiosas em que vive. Janwillem Kroef, um sul-africano branco e racista; Gregório De La Vega, um peruano homossexual; Tom Kalmaku, amigo de Hal Jordan completam nove convidados.
Millenium # 3 publicado em Liga da Justiça # 9 – A notícia da morte de Salimã Baranizar ecoa na sede dos Caçadores Cósmicos. A jornalista Tawny, que cobre a Tropa dos Lanternas Verdes, recebe uma proposta para dar pouca importância ao assunto do evento Milênio.
Nikolai Latikov é assassinado pelo Partido na Rússia, em uma sessão de interrogatório.
Tom Kalmaku e sua família são levados para a Cidadela da Tropa dos Lanternas Verdes. O caçador do presidente dos EUA (Ronald Reagan na época) é sua esposa: Nancy!
Os Renegados, ainda abalados com a morte de Metamorfo e com a traição de Dra. Jace, que era uma caçadora, enfrentam os Caçadores Cósmicos.
Os Infinitos buscam Betty Clawman, a aborígine. Gladiador Dourado ouve Hadley confessar-se Caçador e o intimida.
Florônico é libertado pelos Caçadores. Na Inglaterra, Célia Windward, é resgatada por Batman, Guy Gardner e Sr. Milagre. Janwillem Kroef é resgatado por Princesa Diana. E Flash impede que Gregório De La Vega, suicide-se. Na China a Tropa dos Lanternas Verdes resgatam Xiang Po, e mostram o seu caçador. Precursora é capturada. Os escolhidos são enviados para a Cidadela dos Lanternas Verdes.
Millenium # 04 publicado Os Novos Titãs # 42, Editora Abril – Batman não gosta que Florônico faça parte dos escolhidos. Kroef deixa claro suas idéias racistas. Ferguson leva o Nuclear para a base dos Caçadores, já que o herói estava temporariamente sob seu controle. Gladiador Dourado tenta convencer os Caçadores de sua mudança de lado.
O Guardião e a zamorana dão aos escolhidos uma última oportunidade de desistirem, que ninguém aceita. J’Onn J’Onnz e Senhor Milagre notam a fraqueza momentânea em Nadia.
O Esquadrão Suicida, mesmo sem autorização governamental, decide invadir e destruir a sede dos Caçadores no Pântano – lembre-se que além do Esquadrão, mora também neste lugar o Monstro do Pântano, cuja série não faz parte do cross-over.
Para azar de Economos, que passou a missão para o Esquadrão Suicida, Batman vai atrás de Mark Shaw, que está agindo na missão do Esquadrão em troca de redução de pena. Shaw teve ligação com a seita em história escritas por Englehart para a série da Liga da Justiça nos anos 1.970.
Jim Corrigan persegue um Caçador que roubou uma máscara da seita da Madame Xanadu. Para perseguir o homem, Espectro e Jim Corrigan vão aos pântanos da Louisiana.
Precursora tenta sua fuga sem sucesso.
Batman vai investigar no Pântano, assim como o Capitão Átomo.
Millenium # 5 publicado em Liga da Justiça # 10 – Enquanto o Guardião e a Zamoriana explicam o universo e filosofia aos escolhidos, Superman retorna à Cidadela para descobrir a comemoração pela destruição do covil dos Caçadores.
Alguns dados, como a participação do Esquadrão Suicida e Espectro, ficam escondidos, mas as participações de Batman, Jim Corrigan, Nuclear e Capitão Átomo e os cross-overs destes séries ficam claros.
Divina dos Renegados recebe um aviso telepático que faz a equipe ir ao encontro de seu povo. Princesa Diana some, para dar continuidade ao Desafio dos Deuses. Aquaman e Aqualad, que também enfrentaram os Caçadores no mar, unem-se aos heróis. Com a nave trazida por Aquaman, os heróis percebem que os Caçadores derrotados na Terra, podem ser facilmente substituídos por alienígenas e decidem fazer um ataque ao planeta dos Caçadores.
Precursora é libertada pelo Lanterna Verde Driq, agora quase morto e ambos fogem de Orinda.
Falcão da Noite e Mulher-Gavião unem-se aos heróis.
Millenium # 6 publicado em SuperPowers # 15 (nov/89) – Após a destruição de Orinda (nas séries da Liga da Justiça Internacional e Nuclear) a Liga enfrenta o Mestre Supremo no espaço.
Mestre Supremo foge para outra dimensão e o inexperiente Sr. Destino tem dificuldades de transportar todo o grupo de heróis que estão no encalço. São escolhidos apenas Superman e Lanterna Verde Hal Jordan para lutarem contra o Mestre, e o Sr. Destino os teletransporta para a dimensão correta.
Na Terra os escolhidos passam por experiências transcendentais e Herupa e Nadia descobrem o traidor. Kroef abandona o grupo dos escolhidos.
Batman sabendo da derrota dos Renegados, grupo que ele fundou, vai atrás do traidor na Liga: Gladiador Dourado.
Florônico observa e ataca um caçador humano que também observava a Cidadela.
Com a pesquisa de Besouro Azul e Sr. Milagre sabe-se que os Caçadores restantes estão no centro da Terra.
Millenium # 7 publicado em Os Novos Titãs # 44 (novembro/1989) – Sr. Destino tem dificuldades para fazer um encantamento que leve para a Terra seus colegas no espaço (Nuclear, Capitão Átomo, Gavião Negro e Mulher-Gavião, Superman, J’Onn J’Onnz, Precursora e os Lanternas Verdes Hal Jordan, Arísia, Dril e Katma Tui).
Percebendo o risco que a Terra corre, Precursora retorna para o planeta e auxilia na invasão da base dos Caçadores no centro da Terra, feita por parte da Liga da Justiça (Batman, Besouro Azul, Sr. Milagre, Canário Negro), Flash, Mulher-Maravilha, Arqueiro Verde, Aquaman & Aqualad, a Corporação Infinito e os Lanternas Verdes Guy Gardner, John Stewart e Kilowog.
Enquanto o ataque acontece e algumas surpresas surgem como o fato de Pan, o deus, ser, na verdade um caçador cósmico andróide e Gladiador Dourado mudar novamente de lado sob a justificativa de infiltração na seita, os escolhidos fazem seus últimos treinamentos e agora vão visitar o mundo para evoluírem.
Millenium # 8 publicado em Liga da Justiça # 12 (dez/89) – O guardião e zamoriana evoluem dos escolhidos, e durante o processo vão definhando. Enquanto isso os personagens do universo DC assistem e personagens místicos, cósmicos e deuses refletem sobre o evento.
Tom não aceita participar do projeto por estar ligado à família, mas recebe um poder para proteger-se. Precursora recusa-se a receber poderes e sai do local – ela retornaria a pedido de Estelar dos Novos Titãs momentos depois, porém o encontro só é visto em um tie-in com a série New Teen Titans Spotlight.
Nadia e Herupa morrem após gastarem todo sua energia.

Brilho dos Novos Guardiões


Extraño dos Novos Guardiões, o primeiro super-herói gay da DC Comics



RAM
dos Novos Guardiões

Postagens mais visitadas deste blog

EaD: Como estudar sozinho em casa

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas por que há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas por que ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.

Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.

Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.

A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.

Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.

Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.

Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.

Após enterrar uma bomba de hidrogên…

Os Vingadores vs O Esquadrão Supremo

(Ou Como as histórias não são realmente como nos lembramos)
Não tenho nenhum entusiasmo pelos encontros entre Os Vingadores e Esquadrão Supremo. Nenhum! Ao contrário acho histórias imbecis, mas talvez seja um ranço contra Roy Thomas. Explico: na infância eu odiava os Vingadores de Thomas e por extensão o próprio, mas gostava muito da arte de Conan (Buscema & Zuñiga) ou qualquer coisa feita por Neal Adams como a Guerra Kree-Skrull ou X-Men.

Já adulto um amigo disse que o sujeito era bom e eu fui reler as histórias: não eram tão ruins quanto a lembrança. Inclusive conheci e comprei os setenta números de All-Star Squadron que eram do próprio.
Por fim, descobri que metade daquilo que eu não gostava em Thomas na verdade não era dele... era do Englehart, um sujeito também superestimado pela indústria, que só acertou uma vez: em Batman!
Vencido o preconceito contra o escritor, veio o problema da maturidade: as histórias dos anos 1960 só funcionam lá, especialmente as de super-grupos co…