Pular para o conteúdo principal

Ideb – 2011: Nanuque, MG

O Brasil vive um clima de guerra civil onde o estado não consegue fazer frente às drogas ou ao crime organizado, e por crime organizado entenda, qualquer crime feito de forma organizada.

Diante deste quadro a única forma de alterar as variáveis a nosso favor é com a educação, mas os professores não ensinam e põe a culpa no sistema. Os pais compram a assertiva, crêem que o problema é financeiro e acham que a escola é melhor hoje do que no passado.

Então surge o IDEB, cuja definição oficial é a seguinte:

No Brasil, toda escola pública de educação básica tem uma nota de 0 a 10. 

Ela é chamada de Ideb, sigla de Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. 

Esse indicador foi criado pelo Ministério da Educação (MEC) para medir a qualidade do ensino nos municípios, nos estados e nas escolas do Brasil. A cada dois anos, o MEC divulga uma nova leva de notas. 

• Para uma escola ser considerada de bom nível, ela precisa ter uma nota igual ou superior a 6. Infelizmente, a maioria das escolas brasileiras ainda está longe dessa nota. 

• O resultado mais recente aponta a média de 4,2 para as séries iniciais do Ensino Fundamental e 3,8 para as últimas séries do Ensino Fundamental. 


• A meta é que em 2022 a média do Brasil seja igual ou superior a 6. 

• O Ideb revela se os alunos de escola pública estão aprendendo o que precisam na idade certa. 

• O Ideb indica a qualidade do ensino do seu estado, do seu município e da escola do seu filho. 

• O Ideb aponta quais escolas precisam de investimentos e cobra resultados. 

Então vamos às notas de Nanuque, MG, município cuja nota média é 5.3, portanto abaixo do desejável:

Escola
1ª-5ª série
6ª-9ª série
EE Álvaro Amorim
6

EE Álvaro Romano
5,1
4,3
“Polivalente”

3,6
EE Gov Bias Fortes
6,4

EE J. Stalim Romano

2,9
EE M. Emiliana Passos
5,1

EE Pastor Paulo Nobre
5,1
3,4
EE Péricles Coelho
4,7
3,8
Stella Mattuttina

3,8
União B. Operária
5,6

Vale do Mucuri
6

Américo Machado
3,4
3,5
Miguel Viana
4,5
4,2
Serafim M. Naya
4,1
3,1

Expostas as notas resta saber por que a imprensa local não publica isto e por que há uma ilusão presente que algumas escolas como “Polivante” (EE Antônio Batista da Mota), Stella Mattuttina e EE Joseph Stalim Romano são boas? Suas notas, 3,6; 3,8 e 2,9, respectivamente, são bem abaixo da média da cidade!

A nível nacional uma escola com nota 2,9 significa um aproveitamento de pouco mais de 25% do quê é ensinado.

E isso na administração de um prefeito que é advogado! Ou seja, tem curso superior, e sabe a importância do ensino de qualidade.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!