Pular para o conteúdo principal

Loki (2004)

Escrito por Robert Rodi e com arte pintada por Esad Ribic esta minissérie em quatro partes, publicada no Brasil no início de 2.005 e que já teve direito a encadernado em capa dura é uma grata surpresa explorando a batida ideia de Loki como governante de Asgard.

Loki ganhou sua batalha pessoal contra Thor, mas ao entender seu papel na macro-trama – afinal não é o mau que define o bom? Não seria então os nefastos atos de Loki que definem os benéficos atos de Thor? - percebe o ciclo de repetições.

Além da belíssima arte, do texto afiado que poderia ser descrito como “fechado”, já que não faz citações à cronologia padrão, Loki chama a atenção por ser a segunda série que reconhece o ciclo interminável de eventos que regem as lendas nórdicas e suas versões em quadrinhos. Escolha um Thor de Stan Lee/Jack Kirby & Kirby, de Roy Thomas & John Buscema, de Walt Simonson, de Dan Jurgens ou mesmo o rápido, mas eficiente, Thor de JM Straczynski.

Escolha.

Se divirta.

E depois nunca mais leia uma história do personagem porque serão apenas repetições.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!