Pular para o conteúdo principal

A Cabala

Há alguns anos Brian Michael Bendis, artista que começou no mercado alternativo e produziu algumas edições de A maldição do Spawn, assumiu as rédeas do Universo Marvel e criou uma cadeia de acontecimentos razoavelmente simples.

Para justificar alguns posicionamentos ele criou o conceito de uma reunião de heróis secreta, algo que ditou os rumos de grande parte do período da série.

Agora chega-nos Dark Reign: The Cabal uma edição de histórias curtas sobre o membros da Cabala, a versão maligna da reunião dos heróis com Norman Osborn à frente e formada por Namor, Emma Frost, Dr. Destino, Loki e Capuz.

Dispensável, mostra apenas que todos tem planos próprios e estão dispostos a trair a associação. Alguém tinha alguma dúvida?

Segue a história curta de Dark Reign: The Goblin Legacy com a bela arte de Mike Mayhew e o roteiro de Karl Kesel. Leitores mais velhos irão lembrar que Kurt Busiek e Mark Texeira já fizeram esta história em uma graphic novel anos atrás. Aqui Victoria Hand entrevista Peter Parker e tenta convencer a Osborn que não está procurando os cadáveres em seu armário. Como é rápida – 6 páginas – funciona.

Mas Thunderbolts #132 de Andy Diggle (roteiro) e Roberto de La Torre (arte), mostra que o forte da Marvel é mesmo a arte. A história é sóbria, bem desenhada e traduz bem o clima de histórias de equipes secretas de criminosos, mas o roteiro é ruim. Yelena Belova – a Viúva Negra II – espiona os membros e em seguida envia a equipe para uma missão de assassinato. Será?

Com isso Reinado Sombrio #07 (julho de 2010, R$ 6,50) mostra-se a edição mais fraca até o momento.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!

EaD: Como estudar sozinho em casa