Pular para o conteúdo principal

Under a Red Hood (2010)

Sob o Capuz Vermelho” é a adaptação de um arco escrito para os quadrinhos por Judd Winick para a série Batman. A história já foi publicada no Brasil na atual série Batman da Editora Panini.

A equipe de adaptação continua a mesma das últimas animações de longa metragem da Warner/DC Comics: Andrea Romano (casting/direção de voz), Bruce Timm (produção) e Alan Burnett (co-produção), acrescida agora de Brandon Vietti (direção) e Judd Winick (roteiro), que teve a honra de adaptar o próprio texto.

As vozes são Bruce Greenwood (Batman), Jensen Ackless (Capuz Vermelho), John Dimaggio (Coringa), Jason Isaacs (Ra's Al Ghul) e Wade Williams (Máscara Negra).

A trama é simples. Máscara Negra uniu o submundo de Gotham City e está sendo desafiado pela chegada do Capuz Vermelho. Ao enfrentar o novo criminoso, Batman se vê diante de evidências que apontam para o retorno de seu antigo parceiro, Jason Todd, assassinado cinco anos antes pelo Coringa.

Logo a trama põe em rota de colisão de um lado Batman e Asa Noturna e de outro Máscara Negra, Coringa e Capuz Vermelho.

Excelente adaptação do texto original, que altera alguns fatos para facilitar a compreensão dos expectadores e história ganha força e tem excelentes diálogos e caracterizações. A influência do Coringa de Heath Ledger faz-se presente e o príncipe palhaço do crime da animação é tão niilista quanto o vilão do filme The dark knight.

A história lima a existência de um Tim Drake, fazendo-nos supor que a morte de Todd seria motivo suficiente para fazer Batman repensar a existência de um parceiro.

A safra de longas de animação da Warner/DC impressiona muito mais que os ocasionais projetos da Marvel Comics, que agora concentrou-se em produção de filmes live action. É uma pena que o departamento live action da Warner não seja tão ativo quanto o da Marvel.




Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!