Pular para o conteúdo principal

Game of Thrones: Diferenças

A principal diferença entre os livros que inspiraram a série de TV Game of Thrones e a própria série não está em personagens cortados, nomes alterados, batalhas simplificadas ou cenas de sexo para atrair audiência adulta (as da série de TV são superiores à dos livros).

A grande diferença é a narração.

Nos livros há um número reduzido de personagens narradores – cerca de 6 a 8 por livro – e não há a figura do narrador onisciente. Assim, se algo ocorrer sem que haja um personagem narrador por perto, saberemos apenas versões do acontecimento.

Um exemplo para a série de TV é o episódio 3 da segunda temporada, exibindo em estreia mundial no domingo, 15 de abril de 2012. Há no episódio uma sequência entre Loras e Renly Baratheon e depois entre a noiva de Renly e irmã de Loras, Margaery, que toca no assunto de sua virgindade e que saberia das preferências homossexuais do rei e esposo.

No livro tal sequência não existe por que nenhum dos três é um personagem narrador. Todos os eventos do acampamento de Renly são narrados pelo ponto de vista de Catelyn Stark e consequentemente somente aquilo que ela assistiu, não se infiltrando na intimidade do irmão mais novo de Robert Baratheon.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!

EaD: Como estudar sozinho em casa