Pular para o conteúdo principal

Sentinela & Siege

Semana passada eu li o final do evento deste verão norte-americano da editora Marvel Comics, chamado Siege.

Aconselho aos leitores procurarem a série “Sentinela” publicada pela Mythos Editora e o arco “Sentinela” do título New Avengers, assim como uma série publicada na revista dos Vingadores por aqui. Não é nenhuma excelência de produção, mas pela primeira vez fizeram uma versão do Superman que realmente não tem e nunca teve o juízo certo e todos os indícios estavam nas origens.

Quase sempre as narrativas das versões malignas do Superman ou de heróis corrompidos terminavam com o clássico controle do bem sobre o mal. Alguns lembrarão que o imbróglio com a Fênix Negra começou desta maneira. Byrne & Claremont acreditavam que a heróina perder os poderes era o suficiente e que a trama poderia se desenrolar até a edição 150 onde um enfrentamento com Magneto traria de volta a vilã, para enfim solucionar a questão. Já Jim Shooter, editor-chefe, acreditava que o fato dela ter assassinado uma civilização deveria ter uma punição à altura.

De qualquer modo “Siege” é muito bom, consistente com muita coisa que ficou sem resposta durante alguns anos.

Siege é um evento auto-contido, mas deve ser lido por pessoas que saibam ao menos os resumos dos seguintes eventos: Guerra Secreta, Vingadores – A queda, Dinastia M, Guerra Civil, A Iniciativa, Invasão Secreta, Reinado Sombrio e todas as séries de personagens ligados aos Vingadores em especial Novos Vingadores e Vingadores Sombrio.

A trama geral que permeou o Universo Marvel foi da perda de credibilidade dos heróis (Guerra Secreta), a concentração de poderes em mãos que não sabem controlá-los (Vingadores – A Queda, Dinastia M, Guerra Civil), diferenças de opinião que levaram os heróis a enfrentarem-se (Guerra Civil), uma guerra movida pelo Império Skrull que provou que há agentes infiltrados (Invasão Secreta) e a ascensão de outro despreparado ao poder (Reinado Sombrio, Vingadores Sombrios).

Cheio de altos e baixos é uma excelente período da história da Marvel Comics.

A série Siege possivelmente deve ser publicada no Brasil no verão 2.010/2.011.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!