Pular para o conteúdo principal

A morte do Superman em 3 atos: Ato dois – O funeral e o retorno

Com a morte de ambos, a criatura (que poderia ter qualquer origem) é levada ao Cadmus e depois amarrada em um asteróide. Neste momento, já havia ressuscitado!

Com os anos descobriu-se que Apocalypse era fruto de um experimento genético kryptoniano.

Superman, morto, teve funeral de herói mundial.

Após o funeral, o Cadmus, um laboratório de pesquisas genéticas, quis se apoderar de seu corpo, sem sucesso, graças à interferência de Lex Luthor II.

Jonathan Kent
ainda teve um ataque cardíaco e encontrou seu filho no além, e as séries do personagem foram interrompidas por dois meses! O clima era de que o personagem estava morto e não voltaria. Claro que tudo era uma jogada de marketing, evidentemente.

Surgiram então quatro seres autoproclamados Supermen: em Man of Steel, um negro com armadura, em The Adventures of Superman um jovem com cerca de 15 anos, em Action Comics um frio e distante ser que tinha devoção pelo jeito kryptoniano de ser, e, por fim, em Superman, um dos ciborgues do herói, voltava dizendo ter a alma do homem de aço, imediatamente apelidado de “Superciborgue”. A Editora Abril então publicou a minissérie “O retorno do Superman” em três volumes de 160 páginas.

Depois da apresentação dos quatro personagens, a última trama mostra que o Superciborgue na verdade era um cientista que tentou um experimento a Quarteto Fantástico e colheu resultados negativos. Sua consciência se tornou uma espécie de vírus capaz de invadir materiais eletrônicos. Enlouquecido por ter perdido a esposa e dois amigos após um acidente, Hank Heinshaw foi para o espaço e retornou para iludir a humanidade, enquanto trazia Mongul que iria transformar a Terra num novo Mundo Bélico.

Durante este processo, o Superciborgue destruiu Coast City, a cidade natal de Hal Jordan, o Lanterna Verde, junto com 7 milhões de pessoas! Era mais uma era de transformações na DC Comics: Superman morto, Batman aleijado e agora o Lanterna Verde ficaria louco e tentaria reconstruir a cidade!


Então, em arcos sucessivos, Superman ressuscita – algo com seu DNA, e o fato de ser necessário ao mundo – e se une a Aço (o negro com armadura), Superboy (o adolescente), ao kryptoniano, à Supermoça e ao Lanterna Verde e ataca a base do Mundo Bélico, derrotando Mongul e o Superciborgue.

Em uma minissérie à parte, meses depois, acontece uma revanche com Apocalypse, onde finalmente se revela a origem do monstro e o derrota. Posteriormente, em outra série, divide o monstro em três tubos de transporte, deixando-o dividido na base da Liga da Justiça, na lua.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!