Pular para o conteúdo principal

Crimes de guerra

Batman Allies Secret Files 2005 (agosto/2005)/Batman Anual # 01, Panini Comics (setembro/2006) – Enquanto treinam Robin e Batgirl recordam-se de Steph Brown, a Salteadora, e descobrem que Arturo Rodriguez vai fazer um programa sobre as crianças que Batman usa em sua luta, e que eventualmente morrem.

Detective Comics # 809 (outubro/2005)/Batman Anual # 01, Panini Comics (setembro/2006) – Batman consegue com Alex Kosov uma pista do Máscara Negra. No programa de TV “Tomando Partido com Arturo!”, o repórter entrevista Aaron Black que esta movendo uma campanha pela culpabilidade do vigilantismo e o uso de crianças no combate ao crime. Aaron revela que Steph Brown, morte durante a recente guerra de gangues de Gotham City (Jogos de Guerra) foi a vigilante Salteadora e que também agiu como Robin.

Para piorar, Aaron revela que a condição de Steph era estável quando foi levada para a clínica, ainda que gravemente ferida. Abre-se uma questão de como e por quê ela morreu?

Bruce Wayne recebe pelo correio uma fita VHS com a gravação do programa. Ao assistir, Batman decide questionar a Doutora Leslie Thompkins, mas descobre que a médica se foi, deixando a clínica nas mãos de outra médica. O motivo de sua “fuga” de Gotham está relacionado com a morte de Steph Brown.

Ao investigar o apartamento desta médica substituta, o homem-morcego a encontra morta e grudada na parede com batarangues e os dizeres “delatora” em sangue atrás. O horário da morte combina com o horário da reunião cancelada do Máscara Negra. A partir daí Batman, estabelece um padrão que de talvez o criminoso o queira incrimina-lo.

Após um cerimônia pública, Aaron Black é encurralado por Batman que diz saber quem ele realmente é. Surge o Coringa, armado e com a mesma afirmação.

Batman # 643 (outubro/2005)/Batman Anual # 01, Panini Comics (setembro/2006) – Batman ataca Coringa, mas surge um outro Batman, o verdadeiro. Enquanto o vigilante detêm o palhaço do crime, o falso homem-morcego, na verdade, Máscara Negra foge, mesmo depois de um segundo confronto com Batman que só o perde graças a um gás que o vilão libera.

Voltando à caverna Batman analisa os registros de abastecimento de medicamentos na Clínica Thompkins e descobre que não batem. Havia mais no estoque do que o informado. A suspeita é que alguém deliberadamente impediu o tratamento de Steph e modificou os registros para que se parecesse que o tratamento havia sido feito adequadamente.

Aaron Black aparecesse no canal concorrente ao de Arturo, e revela que Batman tentou matá-lo, que existe uma gangue inteira de homens-morcegos e que Arturo pode ser um propagandista pago pelo Máscara Negra!

Batman usa um novo sistema para conseguir pistas: instala microfones secretamente em um bar, entra e espanca criminosos questionando algo e sai momentos depois.

Após, analisa as informações que não forneceram diretamente à ele.

Detective Comics # 810 (outubro/2005)/Batman Anual # 01, Panini Comics (setembro/2006) – Como resultados de sua investigação, Batman vai falar com Chen, a repórter que entrevistou Black, e pede a localização dele, sob risco do Máscara localiza-lo primeiro e matá-lo.

Ao chegar no apartamento, Batman revela a Black que sabe que ele é Arthur Brow, o Mestre das Pistas, pai de Steph, eu recentemente ficou deformado quando sobreviveu a um incêndio. Black nega ter enviado a fita VHS, e passa uma pista de que sua ex-esposa tem informações sobre a conduta de Thompkins.

Neste momento ela está no ar no programa de Arturo que afirma que ela sabe a identidade do morcego – ela não sabia da informação. Batman surge no ar para mata-la!

Na verdade é novamente o Máscara Negra, agindo como homem-morcego, e novamente Batman, o verdadeiro, chega ao local à tempo. Mas as câmaras já estavam desativadas.

Máscara foge novamente, e mãe de Steph destrói as últimas evidências do relatório médico de Batman.

Coringa e Máscara se encontram e o palhaço quer vingança por que Máscara matou um Robin!

A edição termina com Máscara se arrastando após um tiro na altura no joelho da perna esquerda!

Batman # 644 (outubro/2005)/Batman Anual # 01, Panini Comics (setembro/2006) – Batman surge e consegue deter os dois vilões, ainda que Coringa tenha tempo de jogar mais ácido no rosto de Máscara.

Começam a surgir os epílogos:

a) Coringa é preso novamente;

b) Alex Kosov é presa e responsabilizada pela tentativa de homicídio na Escola Álamo durante a guerra de gangues;

c) Máscara Negra é preso sob a acusação da morte de Steph Brown, Doura Vera Cesares e tentativa de homicídio da mãe de Steph. Um vídeo mostra a fuga de Máscara durante o indiciamento, quando matou dois guardas, três civis e o juiz do caso;

d) Arturo Rodrigues é envolvido no plano para tentativa de assassinato de Crystal Brown, mãe de Steph. Ela teria criado condição para que Máscara matasse a mulher do ar e Batman fosse incriminado;

e) Por fim, o assassino de Steph Brow: Leslie Thompkins! Ela por vontade própria negligenciou o atendimento adequado à Steph! Agora vive na África como auxiliar no Programa Médicos Sem Fronteiras, depois de ter doado sua fortuna pessoal para o filho de Steph – que foi adotado há muito tempo atrás – e trabalha em dobro para limpar sua consciência.

Batman não a prende, mas irado a proíbe de voltar a exercer a medicina e retornar à América.
O diálogo em que ele confirma (Batman Anual # 01, Página 97, 3º, 4º e 5º quadros):

Batman – Leslie Thompkins... você tem muitas respostas para dar.

Leslei Thompkins – Bruce.

Finalmente você apareceu. Ótimo. Agora podemos terminar isto.

Batman – Você propositalmente sonegou tramento a Stephanie e a deixou morrer. Por quê?
Leslie Thompkins – Eu havia planejado afirmar que foi uma legítima decisão de emergência... distribuição de tempo e recursos sob condições de emergência.

Mas nós dois sabemos, Bruce. A verdade é que eu queria acabar com tudo... todos os guerreiros secretos com máscaras e capas. A violência sem fim.

Eu não conseguia mais tomar parte de tal loucura. Era melhor sacrificar um para impedir que outros colocassem aquelas máscaras estúpidas.


Resta o questionamento que muitos leitores fizeram sob a capacidade de Leslie Thompkins tomar esta decisão.

Apesar de existente na cronologia pré Crise, Leslie Thompkins ganhou importância no pós Crise dadoa à assistência de deu ao órfão Bruce Wayne, bastante visível em Batman: Ano Dois e o especial, ainda inédito, Batman: Full Circle, uma seqüência dos acontecimentos de Ano Dois. Posteriormente a médica retornaria na série “Devoção” (Faith) da série regular The Legends of the dark knight.

Meio sumido durante grande parte da década de 1990 em especial nos anos de “A queda do morcego” e suas seqüências, Leslie retornou com força durante “Terra de Ninguém”, dando espaço para um romance com Alfred.

A partir dái tornou-se personagem fixo do casting de Batman. Apesar de desaprovar a violência e o medo necessários ao homem-morcego e expressar isto formalmente, sendo foi retratado como médica incorruptível e incapaz de negar o atendimento a um necessitado, tanto que diversas vezes negou a Bruce a transferência de sua clínica para uma região menos violenta – ainda que com isso tivesse mais recursos.

Estranha-se completamente a decisão editorial, desnecessária, diga-se de passagem, de envolvê-la na morte de Steph Brow, que poderia muito bem ter simplesmente morrido devido à tortura ministrado por Máscara Negra quando a manteve prisioneira em Jogos de Guerra.

Uma tolice que certamente será corrigida em alguma revisão cronológica daqui a 10 ou 20 anos.

Bem, pelo menos a Salteadora já voltou e nos EUA é a atual Batgirl. Mas a DC ainda não deu maiores explicações. E explicações para quê? Ninguém volta da morte mesmo!

R – Andersen Gabrych (Batman Allies Secret Files 2005, Detective Comics), Bill Willingham (Batman)

D – Tom Derenick (Batman Allies Secret Files 2005), Pete Woods (Detective Comics), Giuseppe Camuncoli (Batman)

F – Ray Snyder (Batman Allies Secret Files 2005), Bit (Detective Comics), Sandra Hope (Batman)

Postagens mais visitadas deste blog

EaD: Como estudar sozinho em casa

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas por que há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas por que ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.

Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.

Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.

A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.

Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.

Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.

Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.

Após enterrar uma bomba de hidrogên…

O único animal, Luís Fernando Veríssimo

O homem é o único animal...
...que ri
...que chora
...que chora de rir
...que passa por outro e finge que não vê
...que fala mais do que papagaio
...que está sempre no cio
...que passa trote
...que passa calote
...que mata a distância
...que manda matar
...que esfola os outros e vende o pêlo
...que alimenta as crias, mas depois cobra com chantagem sentimental
...que faz o que gosta escondido e o que não gosta em público
...que leva meses aprendendo a andar
...que toma aula de canto
...que desafina
...que paga pra voar
...que pensa que é anfíbio e morre afogado
...que pensa que é bípede e tem problema de coluna
...que não tem rabo colorido, mas manda fazer
...que só muda de cor com produtos químicos ou de vergonha
...que tem que comprar antenas
...que bebe, fuma, usa óculos, fica careca, põe o dedo no nariz e gosta de ópera
...que faz boneco inflável de fêmea
...que não suporta o próprio cheiro
...que se veste
...que veste os outros
...que despe os outros
...que só lambe os outros
...que tem cotas de emigração
...qu…