Pular para o conteúdo principal

Finalmente começa A Legião dos 3 Mundos!

(Aqui a versão 1980 da Legião clássica) Finalmente os fãs brasileiros tem um bom motivo para comprar Superman/Batman além da pura e simples função de tentar a todo custo manter a série completa. O quê sinceramente não vale a pena.

Começa nesta edição Crise Final: A Legião dos 3 Mundos, que felizmente não tem nada a ver com a complexa Crise Final - independentemente desta ser ou não uma boa leitura.

Senhor do Tempo manipula eventos para que o Superboy Primordial aparece no século XXXI e com inveja da justiça que a história lhe fez liberta os membros da Legião dos Super-Vilões inimigos clássicos da equipe.

(Aqui a Legião criada em Zero Hora) Para complicar a situação da equipe, a rejeição à alienígenas, plantada pela Liga da Justiça daquele período ainda se faz presente. Nem mesmo R.J. Brande escapa à fúria. O clássico financiador da equipe adolescente é assassinado no início dos eventos, deixando claro sua natureza alienígena.

(Aqui a Legião criada nos anos 2000 e presente na 5ª série americana de Legion of Super-Heroes) Para fazer à ameaça a Legião decide convocar o Superman do passado e não se de rogada: para enfrentar um Superboy de uma Terra paralela decide invocar as duas versões alternativas da Legião dos Super-Heróis seguintes, a criada em 1994 e a criada em 2005!

Ambas foram criadas em tentativas de reiniciar a equipe mas obteram apenas sucessos parciais.

Esta preparado o cenário para uma das séries mais interessantes e bem desenhadas dos últimos tempos, cortesia de Geoff Johns (texto) e George Pérez (arte).

Só assim para sentir que os R$7,50 que pago em Superman/Batman estão sendo bem gastos.

Postagens mais visitadas deste blog

Lost – A sexta temporada: Um resumo bem pessoal de Lost, até o episódio 9 da sexta temporada.

Existe uma ilha com propriedades magnéticas e místicas. Magnéticas porque há um contador da energia que se acumula na ilha. E místicas porque ela possui um mecanismo que pode ser utilizado para alterar sua posição no tempo e espaço.
Dois seres habitam esta ilha. Um deles, Jacob, está impedindo que o outro, ainda sem nome, saia.
Jacob pode sair da ilha e pode atrair pessoas para lá.
A função de Jacob é impedir que o outro saia da ilha. O segundo deseja matar Jacob para poder sair.
Este segundo pode se tornar uma fumaça escura que agrupada pode se tornar pessoas – geralmente entes queridos mortos – ou ser usada para destruição. Durante muitos anos, nós expectadores, achávamos que era nano-tecnologia que tem conceito semelhante.
Em 1.867 um navio chega a ilha trazendo Ricardo que se tornará agente externo de Jacob. Ricardo se torna imortal graças aos poderes de Jacob.
Um núcleo de pessoas sempre habitou a ilha. Possivelmente atraídos por Jacob. Sempre.
Após enterrar uma bomba de hidrogênio…

EaD: Como estudar sozinho em casa

Árvore genealógica do Superman

Em Krypton Chronicles, uma série que contava a história dos ancestrais de Kal-El a DC publicou a árvore genealógica abaixo.

Divirta-se!